Notícias | Dia a dia
Feijão é eliminado em duelo de 3h10 nas oitavas
05/10/2017 às 21h59

Feijão agora segue para o challenger de Buenos Aires

Foto: João Pires/Fotojump

Campinas (SP) - Depois de ter vencido com tranquilidade na estreia, João Souza, o Feijão, foi bastante exigido em seu segundo compromisso no challenger de Campinas e acabou eliminado nas oitavas de final da competição disputada no saibro da Sociedade Hípica. Em duelo de 3h08, Feijão caiu diante do veterano espanhol de 35 anos Daniel Muñoz de la Nava por 7/6 (7-0), 4/6 e 6/4.

Ex-número 69 e atual 242º do ranking aos 29 anos, Feijão recebeu seis pontos por ter avançado uma rodada no torneio. A campanha simplesmente defende seu resultado do ano passado no challenger campineiro. Seu próximo compromisso é o challenger de Buenos Aires.

Em um primeiro set de uma quebra para cada lado antes do tiebreak, Feijão foi o jogador que teve o serviço mais ameaçado e venceu pouco mais da metade dos pontos jogados em seus games de saque, 30 em 57 possíveis, além de vencer só nove pontos no saque do adversário.

Depois de salvar um break point logo no início da partida, Feijão conseguiria a quebra no sétimo game, mas perdeu o saque de zero na sequência. Quando perdia por 6/5, o paulista precisou salvar cinco set points para forçar o tiebreak, mas acumulou erros não-forçados no game-desempate e permitiu que o rival fechasse o set inicial.

O segundo set começou muito favorável ao paulista, que conseguiu uma quebra de vantagem logo cedo largou com 3/0. Feijão chegou a liderar o set por 4/1, quando permitiu que o rival buscasse o empate ao vencer três games seguidos. Empurrado pela torcida, o atleta da casa conseguiu boas devoluções para voltar a quebrar a empatar a partida.

Quebrado no game de abertura da parcial decisiva, Feijão começou perdendo por 2/0, mas reagiu ao vencer três games consecutivos. O paulista teve a chance de quebrar no oitavo game, mas não aproveitou. A situação ficou ainda pior para o jogador da casa que foi quebrado logo na sequência. Sacando para o jogo, De la Nava foi irregular, mas conseguiu fechar o jogo com ace.

Algoz de Feijão no torneio, De la Nava enfrenta o argentino Renzo Olivo, que venceu o compatriota Facundo Mena por 6/3, 3/6 e 6/2. A partida está marcada para às 18h30 (de Brasília). Mais cedo, o argentino Andrea Collarini e o austríaco Michael Linzer fazem o terceiro jogo das quartas. 

A rodada desta sexta-feira começa com uma das semifinais de duplas com três brasileiros em quadra. O gaúcho Orlando Luz e o carioca Fernando Romboli enfrentam o também gaúcho Fabrício Neis e o argentino Maximo González às 11h na quadra central João Lima.

Os jogos de simples começam às 12h30 com dois duelos entre Brasil e Portugal. O pernambucano José Pereira, 1.237º do ranking, desafia o 227º colocado e cabeça 8 Gonçalo Oliveira. O veterano gaúcho de 35 anos André Ghem, 479º do mundo, enfrenta o quinto favorito e 146º do ranking Gastão Elias.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva