Notícias | Dia a dia
Goffin decide em Shenzhen e tenta encerrar jejum
30/09/2017 às 13h42

Goffin está há três anos sem conquistar um título

Foto: Divulgação

Shenzhen (China) - Os finalistas do ATP 250 de Shenzhen foram conhecidos neste sábado. O belga David Goffin e o ucraniano Alexandr Dolgopolov venceram seus jogos e vão lutar pelo título do torneio chinês a parir das 6h30 (de Brasília) deste domingo.

Segundo favorito no torneio, Goffin precisou de 2h16 para superar o suíço Henri Laaksonen por 7/6 (9-7), 5/7 e 6/3. Por sua vez, Dolgopolov conseguiu uma boa vitória sobre o embalado bósnio Damir Dzumhur, que vinha de título em São Petersburgo, por 6/3 e 6/4 em 1h12 de partida.

Ex-número 10 e atual 12º colocado, Goffin disputará a nona final de sua carreira e a terceira da temporada. O belga de 26 anos acumula um jejum de títulos desde setembro de 2014 em Metz e venceu apenas dois títulos de ATP na carreira. Este ano, ele já ficou com o vice em Roterdã e Sofia.

Já Dolgopolov tentará o segundo título da temporada, depois de ter triunfado no saibro de Buenos Aires em fevereiro. O ucraniano de 28 anos já foi número 13 do mundo, mas hoje ocupa apenas o 53º lugar do ranking. Em sua nona final da carreira, Dolgopolov pode conquistar o quarto troféu na elite do circuito.

O retrospecto é favorável a Dolgopolov, que levou a melhor em encontro válido pela primeira rodada do US Open de 2013. O ucraniano também venceu em duelo válido pelo challenger de Marrakech em 2010.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva