Notícias | Dia a dia
Em Chengdu, Demoliner alcança a quinta final de ATP
30/09/2017 às 09h02

Parceria já disputou as finais de São Paulo e Lyon este ano

Foto: Divulgação

Chengdu (China) - O gaúcho Marcelo Demoliner é finalista do ATP 250 de Chengdu. Demoliner e seu parceiro neozelandês Marcus Daniell venceram neste sábado o taiwanês Yen-Hsun Lu e o indiano Divij Sharan por duplo 6/3. Os adversários na decisão serão o israelense Jonathan Erlich e o paquistanês Aisam-Ul-Haq Qureshi, em jogo marcado para as 3h (de Brasília) deste domingo.

Esta será a quinta final de nível ATP da carreira de Demoliner, que busca seu primeiro título na elite do circuito. O gaúcho também nunca havia chegado a uma decisão fora do saibro. Já Daniell possui três títulos em seis finais disputadas.

A primeira final da carreira de Demoliner foi no início do ano passado em Quito, ao lado de Thomaz Bellucci. As outras três decisões foram ao lado de seu atual parceiro, primeiro em Bastad ainda em 2016 e ainda este ano em São Paulo e Lyon.

Aos 28 anos, Demoliner aparece no 54º lugar do ranking mundial e tem como melhor marca a 47ª posição, obtida em julho. Por sua vez, Daniell é o atual 47º colocado aos 27 anos e chegou a ocupar o 42º lugar em março.

Sá perde na semi - Outro brasileiro que tentava vaga em uma final era André Sá. O mineiro de 40 anos disputou neste sábado a semi do ATP 250 de Shenzhen, mas sua dupla ao lado do isralense Dudi Sela perdeu por 6/3 e 7/6 (7-4) para o norte-americano Nicholas Monroe e o croata Nikola Mektic, que decidem o título contra o austríaco Alexander Peya e o norte-americano Rajeev Ram.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis