Notícias | Outros
Cadeirantes: nova geração joga de olho em 2020
29/09/2017 às 21h17

Fábio Bernardes segue na categoria Junior

Foto: Eric Visintainer

São Paulo (SP) – A nova geração do Brasil está jogando a 2ª etapa do Circuito ITF para Cadeirantes já de olho nos Jogos Paralímpicos de Tóquio-2020. O torneio, que conta pontos para o ranking da ITF (Federação Internacional de Tênis) e da CBT (Confederação Brasileira de Tênis), vai até domingo, no Esporte Clube PInheiros.

O catarinense Jucélio Torquato (17 anos), o mineiro Fábio Bernardes (19 anos) e a brasiliense Maria Fernanda Alves (17 anos) são bons exemplos.

Nesta sexta-feira, Torquato alcançou as quartas de final do Masculino e a semifinal da categoria Júnior. O catarinense é o número 1 do Brasil e 7º do mundo na Júnior. No Masculino, ele é o sétimo melhor do ranking brasileiro. “Jogar as Olimpíadas é um sonho para qualquer atleta. É para isso que venho me preparando. Espero estar em Tóquio”, afirmou ele.

Bernardes parou nas quartas de final do Masculino. Foi superado por Torquato, por 6/0 e 6/1, mas ainda segue na semifinal da Júnior. “Estou em fase de transição do juvenil para o adulto, então estou tentando ser mais agressivo. Agora é entrar confiante e focado para amanhã”, afirmou o segundo melhor juvenil do país e número 10 do mundo.

Maria Fernanda segue firme na disputa da Júnior e da Feminino e busca uma vaga na final das duas categorias neste sábado. Número 1 do Brasil e 6ª do mundo no juvenil, ela também vem alcançando bons resultados no Feminino, onde já ocupa a terceira posição do ranking brasileiro.

Nas quartas de final da Júnior, a brasiliense venceu Felipe Ferreira de Lima, por 6/2, 3/6 e 6/2. No Feminino, Maria Fernanda eliminou a colombiana Zuleinny Trujillo, por 6/4 e 6/2.

“Venho fazendo aqui em São Paulo tudo certinho como treinei, concentrada, solta, tranquila e dar 100% em quadra. Esses torneios nos ajudam muito na nossa preparação, principalmente para nós que temos como meta jogar as Paralimpíadas de Tóquio”, disse Maria Fernanda.

O Circuito ITF para Cadeirantes reúne 67 tenistas de seis países (Brasil, Colômbia, Chile, França, Guatemala e Equador), divididos nas categorias Masculino, Feminino, Quad (atletas com deficiência nos membros superiores e inferiores) e Júnior.

Resultados desta sexta:

Quad – Quartas de final

Julio Rueda (GUA) [1] d. Lemos Dave Raposo (BRA) – 6/0 6/1

Carlos Munoz (CHI) [3] d. Norberto Vieira da Cruz Filho (BRA) – 6/0 6/0

Lucio Umeki (BRA) [4] d. Antonio Carlos Sanches (BRA) – 6/2 6/1

Pablo Araya (CHI) [2] d. Edison Molina (ECU) – 6/2 4/6 10-6

Masculino – Oitavas de final

Jucélio Torquato (BRA) [8] d. Fabio Bernardes (BRA) – 6/0 6/1

Bruno Makey (BRA) [4] d. Luigy Nieves (COL) – 6/1 6/3

Diego Perez (CHI) [3] d. Sebastião Silva (BRA) – 6/3 6/3

Alexander Cataldo (CHI) [1] d. José Weslley (BRA) – 6/0 6/0

Didier Guiard (FRA) [6] d. Adalberto Rodrigues (BRA) – 6/0 6/3

Marcos Vasconcelos (BRA) [7] d. Eder Dornelas (BRA) – 5/7 6/2 6/3

Jaime Sepulveda (CHI) [2] d. Adair Salvador (BRA) – 6/0 6/1

Bryan Tapia (CHI) [5] d. Manuel Sanchez (COL) – 4/6 6/4 7/6(9)

Masculino 2

Renato de Melo (BRA) d. Italo de Lima (BRA) – 6/2 6/2

Thiago Saraiva (BRA) d. Rodrigo Lima (BRA) – 6/1 6/3

Pedro Leon (COL) d. Adilson de Paula (BRA) – 6/1 6/0

Cristiano dos Santos (BRA) d. Carlos Escarraga (COL) – 6/3 6/3

Júnior – Quartas de final

Fabio Bernardes (BRA) [2] d. Carlos Escarraga (COL) – 6/0 6/2

Jucélio Torquato (BRA) [1] d. João lucas Takaki (BRA) – 6/0 6/0

Luigy Nieves (COL) d. Lucas Correa (BRA) [4] – 6/4 7/6(5)

Maria Fernanda Alves (BRA) [3] d. Felipe de Lima (BRA) – 6/2 3/6 6/2

Feminino – Quartas de final

Maria Fernanda Aves (BRA) [1] d. Zuleinny Trujillo (COL) – 6/4 6/2

Ana Caldeira (BRA) d. Sofia Fuentes (CHI) [4] – 6/2 6/3

Marisa Ferreira (BRA) [2] d. Thalia da Conceição (BRA) – 6/3 6/2

Aline Cabral (BRA) [3] d. Jade Lanai (BRA) – 6/2 6/4

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva