Notícias | Dia a dia
Oliveira e Pucinelli levam convites em Campinas
28/09/2017 às 17h24

O carioca de 17 anos Christian Oliveira disputará a chave principal

Foto: Arquivo

Campinas (SP) - A organização do challenger de Campinas anunciou nesta quinta-feira dois convites para nomes da nova geração do tênis brasileiro. O carioca de 17 anos Christian Oliveira disputará a chave principal, enquanto o paulista Matheus Pucinelli jogará o qualificatório no saibro da Sociedade Hípica.

Oliveira, da Tennis Route (RJ), conseguiu nesta temporada marcar seu primeiro ponto na ATP após vencer três partidas no quali e superar a estreia em um future na Áustria. O tenista reconhece o valor de receber esta primeira oportunidade na chave principal do challenger de Campinas, onde poderá treinar e trocar experiências com prestigiados nomes do circuito.

"Agradeço ao Instituto Sports pela chance de estrear na chave principal, estou muito contente pelo convite. Não tenho dúvidas de que esta será uma experiência incrível para a minha carreira, vou entrar em quadra para dar o meu melhor e absorver o máximo de aprendizado", disse Oliveira, que neste ano percorreu a gira juvenil na Europa e América do Sul.

Já o campineiro Pucinelli desponta no juvenil entre os 65 melhores do ranking mundial e vem da disputa da chave juvenil do US Open. Apesar da pouca idade, o jovem atleta do Instituto Tênis (SP) dará seus primeiros passos no profissional justamente em sua cidade natal.

"Será especial fazer o meu primeiro jogo de challenger em casa, especialmente porque eu não jogo em Campinas há pelo menos cinco anos. Com certeza toda a minha família e muitos amigos estarão na Hípica para torcer, mas isso não chega a me pressionar. Quero aproveitar ao máximo esta chance jogando sempre solto", explicou Pucinelli.

Ao todo, serão quatro jogadores convidados para a chave principal. A organização já havia confirmado no início da semana que o gaúcho André Ghem, finalista em 2014, estará no torneio. Outros três brasileiros entraram diretamente na chave: os paulistas João Pedro Sorgi e João Souza, o Feijão, além do gaúcho Guilherme Clezar.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis