Notícias | Dia a dia
Moyá: 'Descanso foi essencial para Nadal e Federer'
27/09/2017 às 15h18

Federer e Nadal fizeram dupla histórica na Laver Cup

Foto: Divulgação

Praga (República Tcheca) - A excelente temporada que estão vivendo o espanhol Rafael Nadal e o suíço Roger Federer surpreendeu até mesmo aqueles que estão próximos dos dois, caso do ex-número 1 do mundo Carlos Moyá, conterrâneo de Nadal e com quem vem trabalhando desde o final do ano passado.

Moyá afirmou que até esperava um bom retorno do compatriota, mas garantiu que as conquistas alcançadas em 2017 superaram suas expectativas. "Se estou surpreso que ele seja o número 1 do mundo neste momento? Talvez um pouco, porque exatamente um ano atrás ele estava parado por causa de lesão sem saber para onde iria a carreira", disse para o Metro.

"O que não me surpreendeu é ele ter voltado bem e vencido Roland Garros, mas ser número 1 é uma coisa muito diferente", acrescentou Moyá, que ajudou o canhoto de Mallorca não só a levantar a taça no saibro parisiense, mas também no US Open.

Para o ex-tenista profissional espanhol, a pausa que Nadal e Federer fizeram por causa lesões no ano passado foi fundamental. "Descansar depois das lesões ajudou os dois. A este estágio da carreira, isso te dá mais força mental e o corpo também agradece", comentou Moyá, que acredita que o mesmo possa acontecer com o britânico Andy Murray e o sérvio Novak Djokovic.

"A situação pode se repetir com Murray e Djokovic, que acabaram se lesionando e estão afastados", observou o espanhol, que também destacou o ano fraco dos dois como fator importante a ajudar Nadal e Federer neste ano. "Não dava também para adivinhar que Murray e Djokovic teriam problemas de lesão e assim não conseguissem jogar o seu melhor na temporada", finalizou.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva