Notícias | Copa Davis
Shapovalov volta à Davis em duelo contra a Índia
14/09/2017 às 17h02

Shapovalov será o principal nome do Canadá no confronto

Foto: Divulgação

Edmonton (Canadá) - Sete meses depois de ter sofrido uma fatídica desqualificação na Copa Davis, Denis Shapovalov está de volta à competição por equipes. O canhoto de 18 anos é o principal nome da equipe canadense que recebe a Índia neste final de semana, em quadra dura e coberta em Edmonton, pelos playoffs do Grupo Mundial da Davis.

Shapovalov era apenas o 234º do mundo em fevereiro, quando fazia apenas a terceira partida de Copa Davis na carreira e foi desclassificado após acertar uma bolada no árbitro Arnaud Gabas durante a partida contra o britânico Kyle Edmund. Como aquele era o jogo 5 em uma série que estava empatada por 2 a 2, o incidente causou a eliminação do Canadá.

Agora ocupando o 51º lugar do ranking ao chegar na semifinal do Masters 1000 de Montréal e às oitavas do US Open, Shapovalov faz o segundo jogo desta sexta-feira contra o indiano Yuki Bhambri, 157º coloado. Mais cedo, a torcida canadense aposta no jovem de 22 anos e 202º do mundo Brayden Schnur, que enfrenta o 154º do ranking Ramkumar Ramanathan.

No sábado, a experiência fala mais alto para o Canadá. O veterano de 45 anos Daniel Nestor se junta a Vasek Pospisil para enfrentar Rohan Bopanna e Purav Raja. Já no domingo, há inversão dos duelos de sexta-feira, sendo que os capitães podem fazer mudanças. É esperado que, na possibilidade de um quinto jogo, que o Canadá escale Pospisil em simples.

Hungria x Rússia - Outro país a apostar em sua nova geração é a Rússia. Andrey Rublev, de 19 anos, abre o duelo contra a Hungria no saibro de Budapeste e enfrenta o anfitrião Marton Fucsovics. Mais tarde, o jovem russo de 21 anos Karen Khachanov encara Attila Balazs. Outro russo de 21 anos, Daniil Medvedev joga duplas ao lado do experiente Konstantin Kravchuk contra Balazs e Fucsovics. No domingo acontecem mais dois jogos de simples.

Holanda x República Tcheca - Também no saibro, a Holanda recebe a República Tcheca. O duelo começa com a partida entre Thiemo de Bakker e Jiri Vesely. Depois, Robin Haase encara Lukas Rosol. Nas duplas, o time da casa aposta em Tallon Griekspoor e Matwe Middelkoop contra os visitantes Roman Jebavy e Adam Pavlasek.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series