Notícias | Dia a dia
'As lesões são a realidade do circuito', diz Toni Nadal
02/09/2017 às 13h41

Toni vê exigência física cada vez maior

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) – Tio e treinador do espanhol Rafael Nadal, Toni Nadal bradou contra a exigência excessiva do atual circuito da ATP em uma coluna no diário El País. Ele pediu uma revisão no calendário, alegando que este força demais os atletas e coloca a saúde deles em risco

“Cinco dos melhores do mundo não estão neste US Open. São Djokovic, Murray, Nishikori, Raonic e Wawrinka. Com eles o torneio seria melhor. Isso não é algo circunstancial. É a tônica dominante no tênis atual”, escreveu o técnico do atual número 1 do mundo.

“Apesar de cada vez os jogadores vão se aposentando mais tarde, é certo que precisam fazer muitas pausas devido a lesões. Esta é uma realidade sangrenta. Isso não fata só os maiores jogadores, mas também tem consequências nos jovens. Alguns deles têm suas arrancadas atrasadas por causa de lesões”, observou Toni Nadal.

O treinador espanhol acredita que o tênis atual leva os jogadores ao limite e que por isso mudanças devem ser feitas. “O desgaste físico dos jogadores está cada vez maior, eles estão mais altos e mais fortes, também houve evolução nas raquetes e cordas. Atualmente o circuito joga majoritariamente em pisos duros e praticamente só dá para vencer os pontos pegando forte na bola”, disse o tio Toni.

“As regras deveriam ser revistas pelo bem do espetáculo e sobretudo pela saúde dos tenistas”, finalizou o treinador do canhoto de Mallorca, que venceu seus dois primeiros jogos no US Open e neste domingo vai em busca de um lugar nas oitavas de final no torneio contra o argentino Leonardo Mayer.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis