Notícias | Dia a dia
Nadal comemora número 1: 'Algo especial para mim'
15/08/2017 às 09h42

Nadal voltará à liderança após três anos

Foto: Divulgação

Cincinnati (EUA) – A partir da próxima segunda-feira, o espanhol Rafael Nadal voltará a comandar o ranking da ATP, algo que não fazia desde o dia 22 de junho de 2014. Ele se aproveitou das ausências do britânico Andy Murray e do suíço Roger Federer no Masters 1000 de Cincinnati para garantir o número 1 mesmo sem precisar entrar em quadra.

“Para mim, estar de volta nesta posição é algo especial. Muitas coisas mudaram desde a última vez em que eu estava nesta condição, foram muitas lesões e momentos difíceis”, comentou o canhoto de Mallorca, que vai ampliar a marca de 141 semanas na liderança, a sétima melhor. Será a quarta vez que Nadal alcançará a ponta, sendo a primeira delas em 2008.

“Mantenho minha paixão pelo esporte e isso que me fez conseguir chegar aqui de novo. Estou aproveitando o momento e tentando ser competitivo, essas são as coisas mais importantes para mim”, afirmou o espanhol, que sai adiantado em Cincinnati, estreia já na segunda rodada, em que terá pela frente o francês Richard Gasquet.

Sobre a ausência de Federer na competição, o espanhol mostrou sua solidariedade em relação ao rival, que preferiu se poupar e focar a disputa do US Open. “Claro que não é uma boa notícia ver Roger fora de um torneio”, disse Nadal, que poderia brigar com o suíço pela ponta caso este estivesse em ação na semana.

“Roger e eu estamos em uma grande temporada e acho que ambos podem estar nesta colocação no fim do ano. Vai depender dos resultados, então vamos ver o que vai dar”, finalizou o canhoto de Mallorca, já projetando um duro embate pelo número 1 no restante da temporada.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG