Notícias | Dia a dia
Nishikori desiste de Cincinnati com dores no punho
14/08/2017 às 07h40

Nishikori já teve problemas no punho neste ano

Foto: Arquivo

Cincinnati (EUA) - Mais um top 10 acabou desistindo de jogar o Masters 1000 de Cincinnati, que começou neste domingo com duas partidas. Cabeça de chave xx, o japonês Kei Nishokori não irá jogar o torneio preparatório para o US Open por causa de dores no punho direito.

"Infelizmente eu não estarei apto a jogar em Cincy. Hoje (domingo), durante os treinos, senti uma dor aguda no meu punho direito. Vou agora visitar médicos especialistas para discutir o diagnóstico e depois poderei dar mais detalhes sobre o que aconteceu", disse o japonês.

O problema no punho tem atrapalhado Nishikori durante toda a temporada e o fizeram desistir do Masters 1000 de Madri no meio. Ele venceu os três primeiros jogos no saibro espanhol, mas não conseguiu entrar em quadra para encarar o italiano Fabio Fognini nas quartas de final.

Além do japonês, outros nomes de peso que também não estarão em ação em Cincinnati neste ano são o sérvio Novak Djokovic, o suíço Stan Wawrinka, o britânico Andy Murray e o croata Marin Cilic. Vice-campeão em Montréal, o suíço Roger Federer ainda pode engrossar a lista nos próximos dias.

Quem e deu bem com a saída de Nishikori foi o sérvio Janko Tipsarevic, que além e entrar na chave principal de lucky-loser, vai estrear direto na segunda rodada, uma vez que o japonês era um dos principais cabeças de chave do torneio.

Nos dois jogos que abriram o evento no domingo, o norte-americano John Isner fez valer a condição de 14º pré-classificado e bateu o sérvio Viktor Troicki com 7/6 (7-3) e 6/4, e o luxemburguês Gilles Muller, 16º favorito, precisou de três sets para eliminar o local Ryan Harrison com 6/4, 5/7 e 7/6 (7--3).

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis