Notícias | Dia a dia
Svitolina fatura Toronto e é a melhor da temporada
13/08/2017 às 16h14

Svitolina venceu todas as finais que jogou em 2017

Foto: Divulgação

Toronto (Canadá) - A decisão do Premier de Toronto deste domingo colocou frente a frente duas das melhores jogadoras da atual temporada. O título acabou nas mãos da ucraniana Elina Svitolina, que bateu a dinamarquesa Caroline Wozniacki em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/0, ficou com o título e ainda assumiu a liderança da corrida.

Com os pontos somados no torneio canadense, Svitolina se tornou a melhor do ano, deixando para trás a romena Simona Halep, sua vítima nas semifinais, com uma vantagem de apenas 39 pontos. Vice-campeã, a dinamarquesa subirá para quinta colocação na corrida para o WTA Finals.

No ranking das 52 semanas, a ucraniana de 22 anos venceu a batalha direta com Wozniacki pela quarta colocação, deixando a dinamarquesa no quinto lugar. Svitolina subirá uma posição em relação à atual e atingirá a melhor marca da carreira.

Svitolina entrou em quadra com vários números a seu favor. Um deles é o retrospecto com Wozniacki, que havia perdido as duas partidas entre elas e acabou amargando a terceira derrota seguida. Outro é o seu histórico no ano em finais, vencendo agora as cinco que disputou. Do outro lado, a dinamarquesa amargou o sexto vice em seis decisões em 2017.

O jogo começou equilibrado, com as duas adversárias batalhando de igual para igual. Wozniacki foi a primeira a perder o saque, logo no terceiro game, mas devolveu a desvantagem em seguida. Mais tarde, a dinamarquesa repetiu o feito, sofrendo break no sétimo e deixando tudo igual no oitavo. Só que Svitolina bateu o saque da rival no nono e depois confirmou para largar na frente.

Com o placar favorável, a ucraniana dominou as ações no segundo set, conseguiu três quebras e chegou à marca de oito games seguidos, concretizando sua vitória para cima de Wozniacki com um "pneu". Svitolina levará para casa um cheque de pouco mais de US$ 500 mil, enquanto a dinamarquesa 1 terá uma premiação de quase US$ 244 mil.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis