Notícias | Dia a dia
Federer arrasa na estreia e gasta apenas 53 minutos
09/08/2017 às 14h45

Federer não encontrou resistência na estreia

Foto: ATP

Montréal (Canadá) - Durou pouco a estreia do suíço Roger Federer no Masters 1000 de Montréal. Um dia após completar 36 anos, ele teve uma atuação de gala contra o canadense Peter Polansky, convidado da organização e apenas o 116º do mundo, arrasando o atleta da casa com uma vitória anotada em apenas 53 minutos e parciais de 6/2 e 6/1.

Na segunda rodada do torneio, Federer terá pela frente o vencedor do duelo entre o norte-americano Jack Sock, cabeça de chave número 15, e o espanhol David Ferrer. O suíço venceu todos os três confrontos que travou com Sock, o último deles neste ano em Indian Wells, ao passo que contra Ferrer o histórico é ainda mais vantajoso: 16 a 0.

Afiado com o saque, o atual número 3 do mundo terminou a partida com 74% de aproveitamento nos serviços (86% com a primeira bola). Mesmo assim, ele encarou dois break-points contra, salvando ambos. Nas devoluções Federer foi preciso, venceu 21 dos 45 pontos jogados no serviço de Polansky, que só confirmou três dos sete games em que colocou a bola em jogo.

Federer não demorou a tomar as rédeas da partida contra o canadense de 29 anos e logo de cara abriu 3/0, perdendo apenas um ponto nestes games. Depois do começo arrasador do suíço, Polansky conseguiu confirmar seus dois games seguintes de saque, mas não evitou uma nova quebra e terminou levando 6/2 no primeiro set.

O domínio do tenista da Basileia foi ainda maior na segunda parcial, em que ele venceu os cinco primeiros games e por pouco não anotou um "pneu". Polnasky teve trabalho para escapar disso, encarou dois match-points no sexto e conseguiu confirmar. Na sequência, Federer mostrou firmeza no saque e acabou selando sua vitória para cima do convidado da casa.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva