Notícias | Dia a dia
Nishikori salva três match points e desafia Zverev
05/08/2017 às 00h12

Japonês foi bastante exigido pelo jovem americano Tommy Paul

Foto: Divulgação

Washington (EUA) - Um dia depois de superar Juan Martin Del Potro, Kei Nishikori teve um jogo duríssimo e precisou lutar muito para se garantir na semifinal do ATP 500 de Washington. O japonês salvou três match points no segundo set da virada contra o norte-americano Tommy Paul, jovem de 20 anos e 225º do mundo, com parciais de 3/6, 7/6 (10-8) e 6/4 em 2h39.

Nishikori vive um jejum de títulos desde fevereiro do ano passado em Memphis e tenta alcançar a 23ª final de sua carreira e terceira da temporada. O número 9 do mundo terá um duelo inédito contra o oitavo colocado Alexander Zverev, que derrotou o russo Daniil Medvedev por 6/2 e 6/4. O alemão de 20 anos tenta a oitava final na carreira e quinta só em 2017.

Superado por Nishikori na semifinal, Paul tem como ponto positivo o melhor ranking da carreira, por volta do 180º lugar, superando a 191ª colocação alcançada em abril do ano passado. O americano vem em bom momento, já que também fez quartas em Atlanta. Há uma semana, ele ocupava o 291º lugar do ranking e no início de julho era só o 355º colocado.

Paul fazia uma partida bastante sólida do fundo de quadra e era eficiente nos games de serviço, fechando a porta quando era ameaçado e contou com um primeiro set de muitos erros por parte do japonês para abrir vantagem no placar.

A situção ficou ainda mais crítica para o asiático quando ele sofreu a quebra no sétimo game do segundo set e viu Paul abrir 5/3 logo depois. Diante de um rival ainda muito firme, o japonês salvou um match point em seu saque com um excelente drop-shot e devolveu a quebra logo depois.

O tiebreak da segunda parcial começou favorável ao jovem americano, que prevaleceu em dois longos ralis consecutivos e abriu 3-0, mas Nishikori buscou o empate. Alternando vantagens, o japonês teve que salvar mais dois match points, um com winner de forehand e outro com erro do adversário antes de forçar o terceiro set.

Depois de não aproveitar dois break points que teve no início da parcial decisiva, o jovem americano baixou um pouco a intensidade e acabou sendo quebrado. Nishikori então não enfrentaria mais break points até o final do jogo e consolidou a virada.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG