Notícias | Dia a dia
Rogerinho perde 4 match-points e leva virada
01/08/2017 às 09h37

Rogerinho teve chance de fechar o jogo no 2º set

Foto: Arquivo

Kitzbuhel (Áustria) - Por muito pouco o paulista Rogério Silva não conseguiu vencer em sua estreia no ATP 250 de Kitzbuhel, nesta terça-feira. Em duelo contra o argentino Horacio Zeballos, cabeça de chave 8, ele chegou a ter quatro match-points no segundo set, mas não os aprovitou e acabou levando a virada, caindo com parciais de 2/6, 7/6 (13-11) e 7/6 (7-4), em quase três horas de batalha.

Atual número 1 do Brasil e 64º do mundo, o paulista deve manter sua colocação no ranking, mas corre o risco de perder terreno se alguém que está abaixo dele na lista da ATP conseguir uma boa campanha nesta semana.

Rogerinho começou muito bem na partida e logo no primeiro game já bateu o saque do rival argentino. Na sequência ele precisou salvar dois break-points para abrir 2/0 e um pouco mais tarde ampliou a vantagem ao anotar mais uma quebra, fazendo 4/1 e saque para cima de Zeballos, que não teve forças para se recuperar e foi mesmo superado no primeiro set.

Só que na segunda parcial a situação foi bem diferente, com um equilíbrio muito maior. Foram poucas as chances de quebra, nenhuma delas concretizada, e a decisão acabou no tiebreak, em quem Rogerinho teve quatro match-points, o último deles com o saque, mas ele não os aproveitou e foi Zeballos que se deu melhor, fechando no terceiro set-point que teve no desempate.

No set decisivo, o argentino largou na frente e abriu 2/0 na saída, mas Rogerinho se recuperou e devolveu a quebra no oitavo game. Mais uma vez a definição foi para o tiebreak e desta vez o brasileiro não teve chances, perdeu dois pontos com o saque contra um de Zeballos e acabou levando a virada.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis