Notícias | Dia a dia
Com 80 pontos a defender, Feijão joga na Itália
29/07/2017 às 10h36

Paulista tem dura missão nas próximas semanas para manter seu ranking

Foto: Arquivo

Biella (Itália) - O paulista João Souza, o Feijão, terá duas semanas decisivas para a manutenção de seu ranking. Ele inicia a defesa de 170 pontos nos dois torneios em que mais somou ao longo dos últimos doze meses. Seu primeiro compromisso é o challenger de Biella, no saibro italiano.

Feijão terá oitenta pontos a defender na próxima semana, referentes ao título do challenger de Cortina do ano passado. Já na semana seguinte, ela desconta outros 90 da conquista na cidade de Fano, também na Itália. O paulista também jogou em Biella no ano passado e fez semi, recebendo 40 pontos que serão descontados já nesta segunda-feira.

Sexto cabeça de chave no torneio, Feijão estreia contra o húngaro Attila Balazs. O número 4 do Brasil e 145º do ranking levou a melhor nos dois duelos anteriores contra o rival de 28 anos e 159º colocado, válidos pelo quali de Roland Garros em 2011 e pelo challenger de Bogotá em 2010.

Caso passe por seu primeiro rival, o paulista enfrentará o italiano ou o francês Calvin Hemery. O cabeça de chave mais próximo é o argentino Leonardo Mayer, terceiro favorito, mas que pode desistir do challenger italiano depois de ter alcançado a final do ATP 500 de Hamburgo.

Caso o lugar de Mayer na chave seja ocupado por um lucky-loser, Feijão só enfrentaria um adversário com ranking superior ao dele em eventual semifinal contra o italiano Marco Cecchinato ou o sérvio Filip Krajinovic, cabeças 1 e 5. Nomes como o espanhol Guillermo Garcia-López e Roberto Carballes-Baena, além do argentino Guido Andreozzi e o italiano Stefano Travaglia estão entre os cabeças de chave.

Embora tenha muitos pontos a defender na semana, Feijão pode até subir no ranking em caso de título. Isso porque o challenger de Biella dá 110 pontos ao campeão. O vice recebe 65, enquanto os dois jogadores que perderem nas semifinais levam 40 cada um. A vaga nas quartas rende 20 pontos, enquanto quem passar da estreia já garante nove em sua contagem.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis