Notícias | Dia a dia
Australiano dono de 2 Grand Slam morre aos 87 anos
25/07/2017 às 12h04

Rose entrou para o Hall da Fama em 2001

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Poucos dias após o tênis australiano perder Peter Doohan, que faleceu com apenas 56 anos, nesta terça-feira foi anunciada pela federação local o falecimento de mais um ex-jogador. Agora foi a vez se despedir de Mervyn Rose, de 87 anios, que ganhou dois títulos de Grand Slam.

Canhoto, o australiano não apenas conquistou títulos importantes, como o Australian Open de 1954 e Roland Garros, quatro anos depois, mas também se destacou como treinador de duas das maiores estrelas da história do tênis mundial, a norte-americana Billie Jean King e a compatriota Margaret Court.

"Todos os dias ele me ajudava. Ele mudou o meu serviço, meu forehand. No fim das contas mudou meu jogo como um todo, inclusive minhas táticas. Posso dizer que ele mudou mesmo minha vida dizendo que acreditava que eu poderia ser número 1 do mundo", lembrou King.

Rose tem também dois títulos de duplas em Slam, um deles em Melbourne e outro em Wimbledon. Ele defendeu e equipe de seu país entre 1950 e 57, fazendo parte dos títulos de 51 e 57. Sua contribuição para o esporte acabou lhe rendendo a introdução ao Hall da Fama do Tênis em 2001.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva