Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Konta luta por 3h10 e brilha na Quadra Central
05/07/2017 às 13h13

Britânica devolveu a derrota sofrida na final de Nottingham

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Escalada para atuar na Quadra Central de Wimbledon, Johanna Konta lutou por 3h10, mas anotou sua segunda vitória em Wimbledon. A britânica derrotou a croata Donna Vekic por 7/6 (7-4), 4/6 e 10/8. 

O resultado serve como uma revanche para Konta, que havia sido superada por Vekic na final do WTA de Nottingham, na primeira semana da temporada de grama.

Como a também britânica Heather Watson também está na terceira rodada, esta é a primeira vez que duas anfitriões chegam nesta fase desde 1986, quando Jo Durie e Anne Hobbs estiveram na terceira fase do Grand Slam disputado na grama do All England Club.

Garantida na terceira rodada, a britânica enfrenta a grega Maria Sakkari que bateu a canhota tcheca Kristyna Pliskova por 6/7 (6-8), 6/4 e 6/4. Sétima do ranking, Konta jamais enfrentou a 101ª colocada Sakkari no circuito.

A equilibrada partida desta quarta-feira teve ligeira vantagem de 12 a 11 para Konta nos aces e liderança por 55 a 42 nos winners. Além disso, a atleta da casa cometeu 21 erros contra 24 da rival. Foram apenas seis quebras de serviço, três para cada jogadora.

Vekic foi a primeira a quebrar já no oitavo game e liderou por 5/3, mas perdeu dois set points e falhou na oportunidade de sacar para fechar, vendo a rival vencer o set inicial no tiebreak. A croata abriu 2/0 na parcial seguinte, permitiu o empate, mas voltaria a quebrar logo na sequência, fechando a porta quando teve o saque ameaçado.

As sacadoras dominaram o set decisivo que seguia sem quebras. Até mesmo os break poits eram raros. As duas primeiras chances foram da croata, já nos games extras, com o placar empatado por 6/6 e 8/8. Na primeira vez em que teve o serviço ameaçado, já perdendo por 9/8, Vekic disparou um ace para salvar um match point. Mas dois pontos mais tarde, a croata não resistiu à uma devolução funda da britânica e acabou cometendo o erro na sequência.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series