Notícias | Dia a dia
Ex-sócio de Becker cobra dívida de 36,5 mi de euros
05/07/2017 às 08h17

Becker já teve falência declarada em Londres

Foto: Arquivo

Berlim (Alemanha) - Duas semanas após ter sua falência decretada por um tribunal em Londres, o alemão Boris Becker teve outra amarga notícia financeira. Um ex-sócio do ex-número 1 do mundo cobrou uma dívida de 36,5 milhões de euros. 

O empresário suíço Hans-Dieter Cleven afirma que o alemão lhe deve 40 milhões de francos suíços (€36,5 milhões), mas não revela a origem da dívida. 

"Após a recente decisão de um tribunal de Londres em declarar a falência de Boris Becker, um ex-sócio do alemão, empresário Hans-Dieter Cleven, se sentiu obrigado a entrar com tal procedimento", disse a GHM Partners, companhia de advogados que defende o suíço. 

O advogado de Becker, Christian Oliver Moser, afirmou para a agência alemã DPA que o empresário suíço está falando isso em público para tentar ganhar um dinheiro infundado.

Vencedor de seis títulos de Grand Slam, o alemão se defendeu da falência declarada em Londres e garantiu ter dinheiro para pagá-la. Aos 49 anos de idade, Becker está agora na capital inglesa para acompanhar Wimbledon, trabalhando como comentarista de um canal de televisão.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis