Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Federer conta com desistência e garante recordes
04/07/2017 às 13h08

Federer chegou à vitória de número 85 em Wimbledon

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - A terça-feira foi especial para Roger Federer que conseguiu mais dois recordes para sua carreira ao vencer seu jogo de estreia em Wimbledon. O suíço esteve em quadra por apenas 42 minutos tempo suficiente para abrir 6/3 e 3/0 contra o ucraniano Alexandr Dolgopolov, que abandonou por lesão no tornozelo direito.

Esta foi a 85ª vitória de Federer em Wimbledon, resultado que o faz se isolar na primeira posição como o maior vencedor na história do torneio. Ele deixa para trás o americano Jimmy Connors, com 84. Além disso, só por entrar em quadra o suíço iguala o maior número de participações em Grand Slam do francês Fabrice Santoro, com 70 para cada um.

Ao disparar dez aces na partida desta terça-feira, Federer também ultrapassou a marca de 10 mil em sua carreira. Ele chegou à expressiva marca quando ganhou seu sexto ponto de saque, ainda no primeiro set. Apenas os croatas Ivo Karlovic e Goran Ivanisevic obtiveram tais números, desde que a medição começou a ser feita em 1991.

Federer conseugiu uma quebra logo no game de abertura. O suíço rapidamente encontrou o timing das devoluções e foi pouco ameaçado em seus games de saque, sem enfrentar um break point sequer. Incomodado pela lesão, Dolgopolov buscava a definição dos pontos, mas falhava nas escolhas e deu 15 pontos em erros não-forçados.

O ucraniano pediu atendimento para o tornozelo direito no fim do primeiro set e pode jogar só três games na parcial seguinte. Foi a segunda desistência na Quadra Central de Wimbledon só nesta terça-feira, já que o eslovaco Martin Klizan concedeu a vitória a Novak Djokovic durante o segundo set da partida.

Na próxima rodada em Wimbledon, Federer enfrenta o sérvio Dusan Lajovic, que levou a melhor sobre o jovem grego de 18 anos Stefanos Tsitsipas em sets diretos, com triplo 6/4. Será a primeira vez que os dois medirão forças no circuito.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series