Notícias | Dia a dia
Pliskova quer manter o bom nível em Wimbledon
01/07/2017 às 17h07

Pliskova pode ser número 1 do mundo depois de Wimbledon

Foto: Arquivo

Eastbourne (Inglaterra) - Campeã do WTA Premier de Eastbourne, Karolina Pliskova comemorou o desempenho apresentado ao longo da semana. Após boas atuações ao longo de seu primeiro na grama este ano, a número 3 do mundo espera manter o nível em Wimbledon, que começa na segunda-feira.

"Eu realmente não esperava este início para a temporada de grama, mas é um resultado que me dá muita confiança para Londres", disse Pliskova após a vitória por duplo 6/4 sobre Caroline Wozniacki. "No começo do torneio, eu só queria jogar algumas partidas e me adaptar à grama".

Agora que conquistou o título, Pliskova tenta ter melhor sorte que na última temporada. Em 2016, a tcheca perdeu a final de Eastbourne para Dominika Cibulkova e foi eliminada ainda na segunda rodada do Grand Slam britânico.

"No ano passado, eu também estava em final e não consegui o troféu, e também não fui bem em Wimbledon. Então espero que isso possa mudar com o troféu que conquistei este ano".

A tcheca que disparou dez aces na partida, não teve o serviço quebrado na final e conseguiu apenas uma quebra em cada set. Ela avalia que a final contra Wozniacki foi decidida nos detalhes.

"Eu acho que nós duas sacamos muito bem ambos os sets. Eu estava checando as estatísticas, e nós duas tínhamos porcentagem muito alta do primeiro serviço (69% a 67% para Pliskova). O jogo foi decidido por apenas alguns pontos".

Pliskova tem boas chances de sair de Wimbledon como número 1 do mundo. Mesmo que perca na primeira rodada em Londres, ela só precisaria torcer para que Angelique Kerber não chegue à final e que Simona Halep não seja semifinalista.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis