Notícias | Dia a dia
Federer festeja a 1.100ª vitória. E quer mais.
20/06/2017 às 17h45

Federer busca o quarto título da temporada em Halle

Foto: ATP

Halle (Alemanha) - O suíço Roger Federer atingiu nesta terça-feira mais uma marca expressiva em sua notável carreira. Ao derrotar o japonês Yuichi Sugita, por fáceis 6/3 e 6/1, ele somou a vitória de número 1.100.

"Essa marca foi mencionada pouco antes da minha estreia em Stuttgart, na semana passada, mas eu havia esquecido dela", afirmou Federer, que foi batido na primeira rodada do torneio por Tommy Haas. "Eu aprecio esses números muito mais agora do que antes. É algo grandioso e me sinto feliz por ter a chance de sempre somar a ele".

Federer é superado apenas pelo norte-americano Jimmy Connors, que somou 1.256 vitórias em sua carreira profissional. O terceiro tenista a ter atingido a marca de quatro dígitos foi Ivan Lendl, com 1.068. O segundo tenista em atividade é Rafael Nadal, com 849, sétima principal marca. Novak Djokovic tem 775 e está em 10º.

"Joguei um bom tênis, fiz bons pontos", avaliou sobre o jogo contra Sugita. "Joguei da forma que pretendia: agressivo, firme no fundo e sacando bem". Ele também se surpreendeu com a mudança de adversária, já que Yen-Hsun está contudido no braço direito e cedeu lugar ao japonês. "Soube junto com todo mundo e nem sabia contra quem iria jogar. Eu havia visto o final do jogo do quali entre Sugira e (Mikail) Youzhny na véspera, um duelo épico no tiebreak. Então tinha uma ideia de como Sugita jogava, mas ainda pedi ajuda a tenistas e técnicos para me informar melhor. De qualquer forma, fiz o meu plano de jogo".

Com 20 vitórias em 22 partidas numa temporada em que já somou três importantes títulos, Federer reecontrará na quinta-feira o canhoto Mischa Zverev, adepto dos voleios. Curiosamente, os dois se cruzaram nas quartas de final de 2013 no torneio e o suíço ganhou por duplo 6/0. Os dois se cruzaram nas quartas de Melbourne em janeiro e Federer também venceu.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis