Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Wawrinka bate Monfils e acaba com esperança local
05/06/2017 às 13h01

Wawrinka tem nove vitórias contra franceses em RG

Foto: Divulgação

Paris (França) - Último atleta da casa ainda vivo na chave masculina de Roland Garros, o francês Gael Monfils viu o suíço Stan Wawrinka dar um ponto final a sua campanha no torneio. O local foi eliminado nas oitavas de final pelo campeão de 2015, com uma derrota em sets diretos, anotada com parciais de 7/5, 7/6 (9-7) e 6/2, em 2h45 de duelo. 

Nas quartas de final, Wawrinka terá pela frente o croata Marin Cilic, que teve pouco trabalho contra Kevin Anderson e sequer precisou jogar dois sets inteiros, contando com o abandono do sul-africano quando o placar apontava 6/3 e 3/0, após somente 51 minutos de disputa. O suíço tem ampla vantagem no histórico contra o próximo rival (11 a 2) e venceu os quatro no saibro.  

Enfrentando pela décima vez um francês no Grand Slam parisiense, Wawrinka ampliou seu retrospecto positivo contra os atletas da casa, anotando sua nona vitória. A única derrota do suíço para representantes locais aconteceu em 2012, quando foi superado por Jo-Wilfried Tsonga nas oitavas. 

A partida contra Monfils começou bastante equilibrada e os dois primeiros sets fora duríssimos. O francês foi o primeiro a quebrar e chegou a ter 4/2 na parcial inicial, mas na reta final Wawrinka conseguiu se recuperar, venceu cinco dos últimos seis games, com direito a dois breaks para o seu lado, e com isso largou na frente. 

O segundo set foi o mais longo do jogo, durou mais de uma hora e só foi definido no tiebreak, em que Monfils salvou quatro set-points e no quinto que enfrentou acabou sucumbindo e viu o suíço ampliar a vantagem. Wawrinka teve um pouco mais de tranquilidade na terceira parcial, em que obteve duas quebras e não perdeu o serviço sequer para selar a vitória.

Com a eliminação de Monfils, o jejum de títulos de atletas da casa em Roland Garros vai durar pelo menos mais um ano. O último francês a triunfar no Grand Slam local foi Yannick Noah, em 1983, sendo que o último a fazer final no torneio foi Henri Leconte, em 1988.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series