Notícias | Beach Tennis
Campeãs mundiais e Mingozzi vencem em Maceió
20/05/2017 às 18h41

Ralf Abreu (à esquerda) e Diogo Carneiro.

Foto: Divulgação

Maceió (Alagoas) - Campeãs mundiais, a dupla brasileira formada pela carioca Joana Cortez e a paranaense Rafaella Miiller começou com tudo no Meridiano Hotel Open de Beach Tennis e vão brigar, neste domingo, por vaga na final e pelo título na praia de Pajuçara, em Maceió (AL). O evento é o maior da história no esporte no estado de Alagoas distribuindo US$ 10 mil e com pontos valiosos para o ranking mundial. 

Miiller e Joana, única dupla de fora da Itália a vencer um Mundial, em Cervia, na Itália, derrotaram as brasileiras Débora Amaro e Rachel de Sousa por duplo 6/1. "Foi uma boa partida. É a primeira vez que jogamos aqui, quadra pesada, clima úmido, a bola e o jogo ficam mais lentos", afirmou a paranaense Miiller, radicada em Balneário Camboriú (SC). 

As vice-líderes do ranking duelam contra Flávia Muniz e Nathália Font, cabeças de chave 3 que derrotaram por 6/1 e 6/0 a dupla de Lorena Melo e Julia Florito. As duas duplas fizeram a final em Niterói (RJ) com triunfo da dupla Cortez/Miiller. "Será um jogo difícil, elas defendem muito bem, a bola volta bastante, dupla vem confiante com bons resultados, mas vamos em busca de vaga na final", seguiu Rafaella. 

Já Muniz destacou a confiança no bom desempenho com sua parceira. "Estamos jogando bem há um ano, sempre com semi e final. A quadra pesada favorece nosso estilo de mais regularidade. Vamos em busca de vaga na final", disse Muniz, 18ª do mundo. 

A outra semifinal será entre a tcheca Barbora Jilkova e a brasileira Patrícia Lampert e a segunda dupla favorita da carioca Samantha Barijan e da paranaense Marcela Vita. Jilkova e Lampert derrotaram a chilena Maria Orellana e a brasileira Mariana Junqueira por 6/4 e 7/5 enquanto que Barijan/Vita passou por Júlia Florio e Isabela Garrido por 6/1 e 6/3. 

Maior campeão do esporte, com mais de 150 títulos, o italiano Alex Mingozzi e o brasileiro Márcio Petrone, que derrotou Roger Federer em um dos maiores eventos juvenis do mundo, largaram com tudo. Jogando juntos pela primeira vez, Mingozzi e Petrone derrotaram os cabeças 4, os brasileiros Luiz Gimpel e Tiago Tavares, por 7/5 e 6/0 e depois passaram pelo alagoano Eurico Cahu e o potiguar Renato Vilar por 6/1 e 6/0. Cahu foi o primeiro alagoano a disputar um evento desta categoria no Beach Tennis e emplacou uma vitória na chave principal contra João Wiesinger e José Santos por 6/1 e 7/6. 

Mingozzi, ex-número 1 do mundo e atual 26º colocado, destacou a afinidade com o parceiro cearense. "Primeira vez que jogamos juntos, dei aulas para ele em Fortaleza. A chave é que somos amigos, conversamos muito, acertamos detalhes. Ele está sacando muito bem”, apontou Mingozzi que junto com Márcio enfrenta a dupla vencedora do jogo entre os cabeças 1 Marcus Ferreira, 12º do mundo, e Thales Santos, 10º, e Fausto Moreira/ Daniel Schmitt. Os dois empatavam em 6/4, 3/6 e 2/2 quando o duelo  foi interrompido por falta de luz natural. 

A outra semifinal será jogada entre o paraibano Aírton Rodrigues e o gaúcho Vinicius Chaparro, que marcaram duplo 6/4 nos santistas Pedro Esteves e Raffael Agulha, e a parceria de Ralf Abreu e Diogo Carneiro, cabeças 2, que superaram Ricardo Barone e Lucas Sousa com parciais de 7/5 e 6/1. "Não entramos muito bem, saquei em 5/4 para o primeiro set, errei alguns saques, eles voltaram, mas conseguimos jogar melhor na segunda parcial", avaliou Carneiro, de 21 anos. 

Abreu e Carneiro vão disputar pela primeira vez o Mundial pela Seleção Brasileira que ocorre em julho em Moscou, na Rússia. Eles foram campeões em João Pessoa (PB), Balneário Camboriú (SC) e vice-campeões em Niterói (RJ), etapas do circuito mundial. No fim do ano passado foram campeões do Pan-americano. 

"Estamos bem confiantes, vindo de excelentes resultados, tudo fruto do trabalho forte que estamos fazendo. Estamos muito felizes com a convocação, tendo esses resultados em um timing muito bom, perto da convocação, e vamos com tudo representar o Brasil em busca desse título", seguiu Diogo. 

O domingo terá as semifinais do feminino começando às 9h, em seguida as semis do masculino. As decisões estão previstas para não antes das 11h30 entre as mulheres e a seguir a do masculino. 

Alagoano perde na Dupla Masculina - Jovem talento alagoano, Pedro Consiglio, de 13 anos, pré-convocado para o Mundial Sub 14 na Rússia pelo capitão Narck Rodrigues, caiu na primeira fase na categoria B ao lado do pai Jorge Consiglio. Pedro sai do torneio com o título de Dupla Mista ao lado de Neuza Nogueira. Ele receberá a premiação neste domingo. 

Ao todo são 155 atletas de 12 estados brasileiros e quatro países diferentes (Brasil, Chile, Itália e República Tcheca) sendo 27 duplas (18 no masculino e nove no feminino) no Profissional buscando preciosos 80 pontos no ranking mundial da Federação Internacional de Tênis. O torneio tem 8 jogadores no top 20 mundial.

Comentários