Notícias | Dia a dia
Kerber vence fácil e Sharapova consegue virada
07/05/2017 às 10h27

Sharapova foi bastante exigida pela croata Mirjana-Lucic e enfrentará Bouchard na próxima fase

Foto: Divulgação

Madri (Espanha) - O domingo foi de vitórias para duas das principais candidatas ao título do WTA Premier de Madri. Enquanto a canhota alemã Angelique Kerber confirmou seu favoritismo com absoluta tranquilidade, a campeã de 2014 Maria Sharapova precisou de três sets para avançar no saibro espanhol.

Primeira a entrar em quadra, Kerber precisou de apenas 1h20 para marcar 6/4 e 6/2 contra a húngara Timea Babos e manter seu perfeito retrospecto diante da rival, agora com cinco vitórias em cinco jogos disputados. A vitória da alemã fará com que ela volte a liderar o ranking daqui a oito dias e também encerrou um jejum de quatro anos sem vencer em Madri. 

A alemã agora espera pelo jogo entre a tcheca Katerina Siniakova e a francesa Pauline Parmentier. Em ambos os casos, a vencedora de dois Grand Slam possui retrospecto de 2 a 0 a seu favor.

Kerber cedeu apenas sete pontos quando colocou o primeiro serviço em quadra e só enfrentou um break point. A alemã venceu 18 dos 31 pontos jogados no segundo saque da rival e criou dez chances de quebra, aproveitando quatro delas. A canhota terminou o jogo com 18 erros contra 35 da rival, que liderou nos winners por 19 a 12.

Logo depois, Sharapova foi bastante exigida pela croata Mirjana Lucic-Baroni, que apostou em jogo agressivo e com pressão desde as devoluções. Após dua parciais equilibradas, a russa prevaleceu em duelo de 2h12 com parciais de 4/6, 6/4 e 6/0. Sua próxima rival é a canadense Eugenie Bouchard, a quem derrotou nos quatro duelos anteriores.

A russa foi quebrada em três dos cinco games de serviço na primeira parcial e venceu apenas 13 dos 29 pontos jogados com o próprio saque, além de fazer apenas quatro winners contra quinze da rival. Sharapova quebrou no início do set e só havia enfrentado um break point até o momento em que liderava por 5/3 e perdeu o saque, mas a russa voltou a quebar no game seguinte.

O último set foi uma via de mão única. Sharapova elevou seu índice de acerto de saque de, que estava em 41% no primeiro set e 53% na parcial seguinte, para 65%. A russa não enfrentou break points, cedeu apenas cinco pontos sacando, aplicou winners de devolução e contou com duplas-faltas da rival para aplicar o pneu.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis