Notícias | Dia a dia
Vandweghe comanda EUA rumo à final de Fed Cup
23/04/2017 às 18h37

Vandeweghe venceu os três pontos dos EUA na semi

Foto: Susan Mullane/ITF

Wesley Chapel (EUA) - Semifinalista do Australian Open deste ano, a norte-americana Coco Vandeweghe brilhou mais uma vez. Ela foi a principal responsável pela vitória dos Estados Unidos na semifinal da Fed Cup contra a República Tcheca, conquistando os três pontos que levaram a equipe da casa a mais uma decisão.

Depois de vencer sua partida no sábado, Vaneweghe abriu os jogos do domingo e despachou a tcheca Katerina Siniakova em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/0. Na sequência, Lauren Davis não conseguiu fechar para as norte-americanas e foi superada pela jovem Marketa Vondrousova, de apenas 18 anos, com placar final de 6/2 e 7/5. 

A definição ficou então para as duplas, em que novamente o time da casa contou com Vandeweghe, desta vez ao lado da número 1 de duplas Bethanie Mattek-Sands. As norte-americanas não deram muitas chances a Krystina Pliskova e Siniakova, fechando a série ao marcar 6/2 e 6/3.

O confronto semifinal entre norte-americanas e tchecas foi marcado, além do equilíbrio, pelas ausências das principais estrelas. As três principais jogadoras do time da casa, as atuais campeãs da competição não contaram com suas quatro atletas mais bem colocadas no ranking da WTA. 

Na decisão da Fed Cup, marcada para os dias 11 e 12 de novembro, o time dos Estados Unidos não terá Serena Williams, que nesta semana anunciou sua gravidez. Já as rivais bielorrussas, que jogarão em casa, poderão ter o reforço da mamãe Victoria Azarenka, que após dar a luz ao primeiro filho está com retorno marcado para o fim de julho.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis