Notícias | Dia a dia
Mesmo sem Azarenka, bielorrussas decidem na Fed
23/04/2017 às 13h22

Com apenas 18 anos, Sabalenka anotou o ponto decisivo

Foto: Daniel Kopatsch/ITF

Minsk (Belarus) - A ausência da ex-número 1 do mundo Victoria Azarenka acabou não fazendo falta para a equipe bielorrussa na Fed Cup, que mesmo sem seu principal nome conseguiu se calssificar para a decisão do torneio. Neste domingo elas concretizaram a vitória sobre a Suíça ao marcar 3 a 1 com as vitórias de Aliaksandra Sasnovich e Aryna Sabalenka.

Depois do 1 a 1 no sábado, Sasnovich abriu o último dia do confronto vencendo o duelo das número 1 dos países contra Timea Bacsinszky, com parciais de 6/2 e 7/6 (9-7). Em seguida foi a vez de Sabalenka, de apenas 18 anos, levar a melhor para cima da suíça Viktorija Golubic em batalha de três sets e placar final de 6/3, 2/6 e 6/4. 

Competindo como país independente a partir de 1994, as bielorrussas antes faziam parte da União Soviética. Nesta ano elas disputaram pela primeira vez o Grupo Mundial I, venceram a Holanda na primeira rodada e agora superaram a Suíça. Na primeira final da história da nação na Fed Cup as adversárias sairão do embate entre Estados Unidos e República Tcehca.

A decisão está marcada para os dias 11 e 12 de novembro, Belarus vai jogar em casa se encarar os EUA e será visitante caso venham as tchecas. Com o retorno de Azarenka marcado para o fim de julho, em Stanford, sua presença na decisão da Fed poderá ser um reforço de peso para a busca da conquista inédita de seu país.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis