Notícias | Dia a dia
Cuevas e Bopanna faturam o título no principado
23/04/2017 às 12h12

Cuevas e Bopanna levantaram a primeira taça jogando juntos e subirão para nono na corrida da temporada

Foto: Divulgação

Monte Carlo (Mônaco) - Eliminado nas quartas de final na chave de simples, o uruguaio Pablo Cuevas saiu do Masters 1000 de Monte Carlo com um belo prêmio de consolação. Neste domingo, ele e o indiano Rohan Bopanna faturaram o título de duplas ao derrotarem na final os espanhóis Marc López e Feliciano López.

Partida que abriu o fia no saibro monegasco, a decisão de duplas foi definida em sets diretos, com parciais de 6/3, 3/6 e 10-4, depois de 1h14 de confronto. Este foi o sétimo título de Cuevas nas parcerias, o segundo da temporada e o segundo de Masters 1000. Sua conquista mais importante foi Roland Garros em 2008, ao lado do peruano Luis Horna. 

Já Bopanna levantou sua 16ª taça, também a segunda da temporada e a quarta em Masters 1000, não tendo ainda triunfando em um Grand Slam. Com o titulo em Monte Carlo, o indiano vai dividir um prêmio de 253.950 euros com Cuevas, além dos 1000 pontos que irão somar no ranking de duplas. 

O resultado alcançado em Mônaco fez a dupla Cuevas/Bopanna disparar na corrida da temporada, ganhando 81 colocações e subindo para o nono posto, logo à frente dos López, que melhoraram em 25 postos com o vice-campeonato.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva