Notícias | Outros
Brasil é campeão no Sul-americano por equipes
22/04/2017 às 21h54

A seleção masculina terminou invicta a competição.

Foto: Divulgação

Bogota (COL) – Depois de ter conquistado a vaga para a Davis Cup Junior, a equipe masculina do Brasil venceu neste sábado a Argentina por 2 x 1 e conquistou o título do Sul-americano 16 anos por equipes em Bogotá, na Colômbia. Os meninos terminaram invictos na competição e se classificaram pela quarta vez seguida para o Mundial em setembro, em Budapeste, na Hungria. 

O paulista Mateus Alves iniciou a decisão perdendo para o argentino Alejo Lingua por 6/3, 1/6 e 6/3. No segundo jogo de simples, o Brasil empatou com Matheus Pucinelli, que derrotou Juan Manoel Cerundolo com um duplo 6/2. Nas duplas, Ferreira e Pucinelli se saíram melhor e venceram Lingua e Tacchi com parciais de 7/6 e 7/5. 

“Nossa equipe demonstrou um poder de recuperação formidável. Saímos perdendo o 1º encontro de simples e conseguimos igualar levando a decisão para as duplas! Este jogo foi de muita superação. Mesmo tendo sofrido um break e estando abaixo no placar durante toda a partida, os garotos conseguiram com muita intensidade e convicção virar o jogo e conquistar o título de campeão sul americano 16 anos. Sinto-me realizado como capitão e agradeço aos garotos João Ferreira, Mateus Alves e Matheus Puccinelli pelo espirito de equipe e demonstração de comprometimento, dentro e fora da quadra. Agradeço à CBT e aos Correios por nos apoiar e viabilizar a nossa participação”, afirmou o técnico Roland Santos. 

Infelizmente, a equipe feminina foi derrotada na disputa pela última vaga no Mundial pelo Uruguai por 2 x 0 e terminou o Sul-americano 16 anos por equipes na quarta posição. 

A brasiliense Luiza Fullana perdeu o primeiro jogo de virada para a uruguaia Agustina Cuestas por 2/6, 7/5 e 6/3. No segundo jogo, a paulista Ana Luiza Cruz foi superada pela Guillermina Grant 6/2 e 6/2. Nas duplas o Brasil desistiu. 

“Infelizmente não deu. Tivemos nossas chances e não conseguimos aproveitar. Hoje elas foram melhores que nós e mereceram ganhar. Mesmo assim, as meninas estão de parabéns por toda luta e empenho de toda a semana”, concluiu o técnico Roberto Carvalho.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva