Notícias | Dia a dia
Bom desempenho em Houston surpreende Bellucci
16/04/2017 às 08h17

Bellucci jogou Davis na semana passada teve pouco tempo de preparação

Foto: Divulgação

Houston (EUA) - As quatro vitórias seguidas, o bom nível de tênis apresentado e a vaga na final do ATP 250 de Houston surpreenderam Thomaz Bellucci. Não que o paulista não estivesse confiante em seu trabalho, mas pelo fato de ele ter tido pouco tempo de preparação para se adaptar às condições do torneio disputado no saibro texano.

"Eu não tinha muitas expectativas", admitiu Bellucci após a vitória sobre o americano Ernesto Escobedo na semifinal. O número 1 do Brasil vinha da disputa do Zonal Americano I da Copa Davis, em Ambato, no Equador, e chegou aos Estados Unidos pouco antes da estreia.

"Não esperava que jogaria tão bem, porque eu vim para cá no domingo à noite e só pude treinar uma vez antes da primeira rodada", lembrou o paulista que estreou no torneio na última quarta-feira e não pôde treinar no dia anterior por conta da chuva.

Todas as partidas de Bellucci no torneio foram ao terceiro set. Ele vem jogando em dias consecutivos e já acumula mais de oito horas em quadra ao longo da semana em Houston. "É difícil jogar três sets todos os dias. Não tive um dia de folga, mas espero estar melhor para a final".

Se ao falar especificamente desta semana, Bellucci se surpreendeu com o bom tênis apresentado, ele fez questão de destacar a confiança no trabalho ao lado treinador João Zwetsch para voltar a ter um bom resultado na elite do circuito. "Fazia tempo que eu não fazia uma final. É o resultado de um trabalho bem feito, a gente sabia que cedo ou tarde os resultados viriam", avaliou Bellucci, que não disputava uma final deste nível desde fevereiro do ano passado, em Quito.

Bellucci avaliou seu desempenho na semifinal do torneio, em que venceu Ernesto Escobedo, jovem de apenas 20 anos, por 5/7, 6/4 e 6/2 no último sábado. "No primeiro set tive pouquíssimas chances, ele sacou muito bem. Já no segundo set, eu consegui uma quebra logo de cara e o jogo mudou bastante de cenário. Ele passou a errar os primeiros saques e no terceiro set e eu passei a sacar muito bem, não dei chance dele entrar na quadra com a direita e acabou dando tudo certo".

Neste domingo, Bellucci enfrenta o norte-americano Steve Johnson a partir das 16h (de Brasília). Será a oitava decisão do paulista, que luta pelo quinto título de ATP. "O Johnson é um cara que tem um bom slice, uma boa direita, saca bem, é perigoso de fundo de quadra, tem bastante recurso e sabe vir para rede", avaliou o brasileiro, que no único confronto entre os dois, no Australian Open do ano passado, acabou perdendo em três sets diretos.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG