Notícias | Dia a dia
Bellucci vira mais uma e alcança sua 8ª decisão
15/04/2017 às 17h05

Bellucci é o terceiro brasileiro com maior número de finais de ATP

Foto: Divulgação

Houston (EUA) - A grande semana de Thomaz Bellucci no ATP 250 de Houston ganhou mais um capítulo neste sábado quando o número 1 do Brasil e 65º do mundo garantiu vaga na final do torneio no saibro texano. Em 1h55 de partida, Bellucci derrotou o norte-americano Ernesto Escobedo, jovem de 20 anos e 91º colocado, por 5/7, 6/4 e 6/2. Bellucci agora espera pelo duelo caseiro entre Jack Sock e Steve Johnson.

Os quatro jogos de Bellucci no torneio foram decididos no terceiro set. Atuando em dias consecutivos desde a última quarta-feira, ele já acumula mais de oito horas em quadra. Duas dessas vitórias foram de virada, já que ele também começou atrás no placar contra o argentino Maximo González nas oitavas de final.

Agora com oito finais de ATP na carreira, Bellucci é o terceiro brasileiro com maior número de decisões neste porte, ficando atrás apenas de Luiz Mattar com 11 e Gustavo Kuerten com 29. O canhoto de 29 anos tentará conquistar o quinto título na elite do circuito, sendo o primeiro desde maio de 2015 em Genebra.

Os sacadores dominaram o set inicial, tanto que a única quebra aconteceu exatamente no último game disputado. Escobedo era quem vinha confirmando seus serviços com maior tranquilidade, enquanto Bellucci precisou de ótimo saque para salvar um break point no sexto game e encarou uma igualdade quando perdia por 5/4. Logo depois, o jogador da casa disparou três aces.

Quando tinha a oportunidade, o jovem americano agredia desde as devoluções e tinha facilidade para mudar a bola de direção, utilizando cruzadas muito profundas. Induzindo Bellucci ao erro, Escobedo quebrou no fim da primeira parcial e abriu vantagem na partida.

Na abertura do segundo set, o americano colocou só dois primeiros serviços em quadra e Bellucci aproveitou a chance. O paulista fez uma ótima construção do ponto do fundo de quadra e conseguiu a quebra com um backhand na paralela. Após devolver a quebra de imediato, o jovem a anfitrião voltou a perder o saque em game com muitos erros não forçados. Novamente à frente no placar, Bellucci fez bons games de saque e confirmou três vezes de zero para empatar o jogo.

Tal como na parcial anterior, Bellucci conseguiu uma quebra logo na abertura do terceiro set, explorando o segundo saque do adversário. Cada vez mais firme em seus games de serviço, o paulista não enfrentou break points e cedeu apenas 5 pontos sacando. A vantagem ficou ainda maior com uma nova quebra no quinto game, que deixou o número 1 do Brasil em situação muito confortável para vencer o jogo.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG