Notícias | Copa Davis
Após 36 jogos, Baghdatis volta a perder na Davis
07/04/2017 às 13h36

Última derrota de Baghdatis foi há 14 anos

Foto: Divulgação

Nicosia (Chipre) - Acabou nesta sexta-feira o incrível recorde de vitórias em jogos de Copa Davis do cipriota Marcos Baghatis. Mesmo jogando dentro de casa, o tenista de 31 anos e atual 56 do mundo acabou sendo surpreendido pelo tunisiano Moez Echargui, oito anos mais novo e apenas o modesto 799º no ranking da ATP.

Depois de vencer 36 partidas seguidas, batendo o recorde do sueco Bjorn Borg, que antes havia anotado uma sequência de 33 triunfos seguidos na competição, Baghdatis voltou a conhecer uma derrota, perdendo para Echargui em batalha de cinco sets e 3h50 de duração, com placar final de 7/5, 7/6 (7-2), 4/6, 4/6 e 6/1. 

A última derrota sofrida pelo cipriota aconteceu há muito tempo, tanto que seu algoz já não joga no circuito há nove anos. O responsável por este resultado negativo foi o georgiano Irakli Labadze, que em 2003 derrubou Baghdatis por 2 sets a 1 em partida válida pela fase de grupos do Zonal Europa/África III.

Baghdatis não apenas viu ruir sua marca na Copa Davis, mas também a situação do Chipre ficar bastante complicada neste confronto pelo playoff de rebaixamento do Zonal Europa/África II, já que o tunisiano Malek Jaziri ampliou a vantagem ao vencer o atleta da casa Menelaos Efstathiou em sets diretos, com parciais de 6/2, 6/3 e 7/5, em 2h06 de partida.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series