Notícias | Dia a dia
Venus, Keys e Wozniacki jogam na 4ª em Charleston
04/04/2017 às 19h51

A americana Shelby Rogers venceu duelo equilibrado e enfrentará Keys

Foto: Divulgação

Charleston (EUA) - As principais estrelas do WTA Premier de Charleston irão estrear nesta quarta-feira. A chuva que caiu no primeiro dia do torneio impediu o desmembramento da rodada e, com isso, Venus Williams, Madison Keys e Caroline Wozniacki entram em quadra no mesmo dia.

Venus será a primeira a atuar. De volta ao top 10, a veterana de 36 anos encara a 37ª colocada alemã Laura Siegemund por volta das 14h (de Brasília), em duelo que já estava definido desde a rodada da última segunda-feira. A americana levou a melhor na única vez em que enfrentou Siegemund.

Logo depois será a vez da estreia da cabeça 1 Madison Keys, que disputa apenas o terceiro torneio no ano depois de operar o ombro. A agora número 11 do mundo terá um duelo americano contra Shelby Rogers, 52ª, que precisou de 2h42 para derrotar a paraguaia Veronica Cepede Royg por 6/7 (1-7), 6/3 e 7/6 (8-6).

Já Wozniacki, que vem de um vice-campeonato em Miami e já venceu o torneio de Charleston em 2011, entrará em quadra apenas às 20h (de Brasília) contra a 61ª colocada alemã Annika Beck, que vencia por 6/0 e 3/0 o duelo contra a americana Louisa Chirico, que abandonou por lesão.

Um dos destaques desta terça-feira foi a húngara de 18 anos Fanny Stollar, que venceu a americana Asia Muhammad por 6/3 e 7/5 e garantiu duelo contra a cabeça 4 russa e campeã de Indian Wells Elena Vesnina. Já a americana Bethanie Mattek-Sands venceu a compatriota Sofia Kenin por duplo 6/4 e pode enfrentar sua parceira de duplas, a tcheca Lucie Safarova, que estreia contra a americana Varvara Lepchenko.

A primeira classificada para as oitavas de final será conhecida no complemento da rodada desta terça-feira, quando Samantha Stosur e Jelena Jankovic fazem um duelo de veteranas. Campeã do torneio em 2007, Jankovic tem sete vitórias e apenas duas derrotas contra Stosur, que venceu a competição no ano de 2010.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis