Notícias | Dia a dia
Rogerinho, Feijão e Zampieri jogam no Panamá
03/04/2017 às 14h18

Rogerinho está a uma posição de igualar o melhor ranking da carreira

Foto: Arquivo

Cidade do Panamá (Panamá) - O Brasil tem três representantes na chave principal do challenger de US$ 50 mil disputado no saibro da Cidade do Panamá. Rogério Dutra Silva está entre os favoritos, enquanto Caio Zampieri e João Souza, o Feijão, buscam recuperar posições no ranking.

Rogerinho é o cabeça 2 do torneio e estreia contra o convidado local de 25 anos José Gilbert Gomez. O paulista de 33 anos aparece no 83º lugar e está a uma posição de igualar a melhor marca da carreira, além não defender pontos na semana.

Mas para começar a somar pontos no torneio, Rogerinho precisa pelo menos da semi, já que uma campanha até às quartas daria 15 pontos, o que é inferior ao seu 18º e último resultado válido para o ranking. O cabeça de chave mais próximo é o sétimo favorito americano Stefan Kozlov.

Feijão, que perdeu dezessete posições depois de cair nas oitavas no piso duro de León, onde era o atual vice-campeão, estreia contra o 268º colocado americano Sekou Bangoura. O paulista de 28 anos é o oitavo favorito no challenger panamenho e ocupa o 140º lugar do ranking.

Caso Feijão passe pela estreia, ele pode cruzar o caminho de Caio Zampieri que inicia a campanha contra o 424º colocado sérvio Pedja Krstin. Zampieri perdeu 83 posições nesta segunda-feira e está no 330º lugar do ranking aos 30 anos.

Ainda que não tenha defendido a pontuação de semi em León, onde parou ainda no quali, o paulista de Mogi Guaçu tem ritmo de jogo por ter sido finalista de duplas no challenger mexicano da semana passada ao lado do italiano Luca Margaroli. Eles perderam na decisão para o indiano Leander Paes e o canadense Adil Shamasdin por 6/4 e 6/1.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva