Notícias | Dia a dia
Kvitova já pode usar normalmente a mão ferida
21/03/2017 às 10h59

Kvitova só deve voltar às quadras só no segundo semestre

Foto: Arquivo

Praga (República Tcheca) - Pouco a pouco a tcheca Petra Kvitova vai se recuperando depois do susto que levou no fim do ano passado, quando foi atacada em sua casa durante um assalto e acabou ferindo gravemente a mão esquerda. A bicampeã de Wimbledon ainda não está totalmente boa, mas já consegue utilizar a mão para atividades cotidianas.

"A mão está debilitada e tem cicatrizes, mas à primeira vista não parece que esteja lesionada", disse Karel Tekjal, porta-voz da jogadora. Logo após o infeliz incidente, Kvitova foi operada com sucesso por especialistas do Instituto de Cirurgia da Mão e Cirurgia Plástica em Vysoké nad Jizerou e sua recuperação foi estimada em seis meses sem tocar na raquete. 

"Neste momento ninguém pode dar uma data concreta. A recuperação de Petra segue dentro das previsões, não houve complicações, mas seu regresso ainda está em aberto", acrescentou Tekjal. Atualmente a tcheca aparece na 15ª colocação no ranking da WTA, devendo retornar ao circuito apenas na segunda metade da temporada.

A polícia tcheca ainda não conseguiu descobrir a identidade do sujeito que invadiu o apartamento de Kvitova, em Prostejov, e ele continua solto. Em seu período fora das quadras, a tcheca fez um período de concentração nas Ilhas Canárias, na Espanha, e comemorou seu 27º aniversário no começo de março.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis