Notícias | Outros
Rendez-Vous dá largada com 16 jogos em Floripa
08/03/2017 às 19h13

Os 32 candidatos à vaga da fase internacional do Rendez-Vous iniciam a luta nesta quinta-feira em Florianópolis

Foto: Cristiano Andujar

Florianópolis (SC) – Com uma cerimônia de abertura já com o charme do Grand Slam francês, o Rendez-Vous à Roland-Garros teve nesta quarta-feira a presença de todos os 32 tenistas participantes da competição em sua terceira edição, além de reunir autoridades locais, representantes da Federação Francesa de Tênis e da Confederação Brasileira de Tênis no Hotel Maria do Mar, em Florianópolis.

Participaram da cerimônia a vice-presidente da Federação Francesa de Tênis, Patricia Froissart, o presidente da Confederação Brasileira de Tênis, Rafael Westrupp, o diretor de marketing da Peugeot, Antoine Gaston-Breton, o secretário municipal de Turismo, Indústria e Economia de Florianópolis, Vinicius de Luca, o secretário municipal de Cultura, Esporte e Juventude de Florianópolis, Marcio Alves, e o secretário de estado de Turismo, Cultura e Esporte de Santa Catarina, Leonel Pavan, além do ex-presidente da CBT, Jorge Lacerda e de Rafael Kuerten, representando o irmão tricampeão de Roland Garros Gustavo Kuerten.

“O Rendez-Vous tem sido um enorme sucesso para o Brasil, onde os dois vencedores  da final entre as nações das edições anteriores foram Gabriel Décamps e Rafael Wagner, brasileiros que caminham nas pegadas de Guga”, destacou a vice-presidente da Federação Francesa. “Esta é a primeira vez que venho ao Brasil e gostaria de transmitir que o nosso acordo de cooperação, assinado em 2015 entre a FFT e a Confederação Brasileira de Tênis, tem dado bons frutos”, salientou Patrícia.

“É um orgulho poder trazer para o Brasil pela terceira vez este grande evento, uma oportunidade ímpar para que nossos jovens tenistas possam jogar em território nacional e se projetarem mundialmente. Fomos os campeões em 2015 e 2016, o que nos dá ainda mais motivação para trabalhar com seriedade e duro no dia a dia, buscando oportunidades para o tênis brasileiro, assim como este torneio”, falou Rafael Westrupp, que assumiu nesta semana o comando da CBT das mãos de Jorge Lacerda.

As chaves e a programação também foram apresentadas pelo árbitro geral do torneio, George Higuashi, com a definição do início dos jogos a partir das 9h nesta quinta-feira no Lagoa Iate Clube (LIC).

Um dos destaques na abertura da programação do primeiro dia é a partida entre o paulista Matheus Pucinelli, cabeça 1, e o brasiliense Paulo Saraiva, classificado por ter vencido o Circuito Centro-Oeste. Eles jogam logo às 9h, mesmo horário do duelo entre a paranaense Vitória Okuyama, principal favorita da chave feminina, e a paulista Mariana Borges.

A partir das 10h, acontece um duelo entre duas jogadoras que defenderam o Brasil no Campeonato Sul-americano por Equipes de 16 anos em 2016, com a paulista Ana Luiza Cruz enfrentando a gaúcha Laura Wayerbacher. Tenista da casa, o catarinense Mateo Reyes faz sua partida de estreia contra o paulista Bruno Pessoa também a partir das 10h. “É uma grande oportunidade para mim, darei o meu melhor para tentar jogar a final entre as nações em Paris”, falou Mateo.

Outro tenista anfitrião, Leonardo Frederico joga a partir das 11h diante do carioca Christian Oliveira, cabeça 4. Outra tenista que integrou a seleção brasileira feminina no Sul-americano de 2016, a mineira Marina Figueiredo encara a brasiliense Raíssa Wagner no mesmo horário.

O último horário de jogos programados tem mais dois tenistas favoritos fazendo a estreia. A partir das 12h, a paranaense Nathalia Gasparin, cabeça 2, enfrenta a convidada da organização Paola Campigotto, enquanto o brasiliense Gilbert Klier Junior, segundo favorito, duela com o paulista Diego Padilha. “Será uma experiência muito boa, pois já irei conhecer o nível das outras tenistas e me ambientar com o alto nível”, disse Paola, que recebeu o convite.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis