Notícias | Dia a dia
Nadal controla devoluções e obtém boa estreia
01/03/2017 às 00h28

Nadal não competia desde a final do Australian Open há um mês

Foto: Arquivo

Acapulco (México) - Diante do estilo cada vez menos usual do alemão Mischa Zverev, o espanhol Rafael Nadal demorou para pegar o ritmo das devoluções mas obteve as duas quebras necessárias para vencer sua primeira partida no ATP 500 de Acapulco, a primeira apresentação que faz desde a final do Australian Open, um mês atrás.

O cabeça 2 do torneio mexicano anotou as parciais de 6/4 e 6/3 diante de arquibancada lotada e agora irá enfrentar o veteraníssimo Paolo Lorenzi, depois que o italiano de 35 anos superou o taiwanês Yen-Hsun Lu por 4/6, 6/3 e 6/4.

Nos três duelos já realizados diante de Lorenzi, o canhoto espanhol ganhou todos, incluindo duas vitórias no ano passado, a mais recente por fáceis 6/1 e 6/1 no piso sintético de Pequim.

Fato curioso, Nadal pediu atendimento do fisioterapeuta antes mesmo de o jogo começar. Foi colocada uma proteção logo abaixo do seu joelho direito. Ele no entanto não mostrou dificuldades de deslocamento durante a partida. Zverev subiu constantemente à rede e deu pouco ritmo. Quando ficou no fundo de quadra, teve poucas chances.

Pela parte superior da chave, o australiano Nick Kyrgios levou um susto mas reagiu em tempo hábil diante do israelense Dudi Sela. Vindo da semifinal de Marselha, no sábado, o cabeça 6 marcou as parciais de 3/6, 6/3 e 6/3. Seu adversário das oitavas será o norte-americano Donald Young, que se valeu do abandono do australiano Bernardo Tomic logo após Young ter vencido o primeiro set por 7/6 (7-5).

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis