Notícias | Dia a dia | Rio Open
'Este título vai me ajudar amanhã', diz Carreño
26/02/2017 às 02h23

Carreño venceu os dois jogos deste sábado por 2 a 1

Foto: Fotojump

Rio de Janeiro (RJ) - O sábado do espanhol Pablo Carreño não poderia ter sido melhor. Primeiro ele venceu uma partida bastante equilibrada, pelo menos nos dois primeiros sets, com o norueguês Casper Ruud, que chegou a ter um match-point no segundo. Mais tarde ele voltou às quadras e conquistou o título de duplas ao lado do uruguaio Pablo Cuevas.

Apesar de saber do cansaço acumulado após um dia tão intenso, Carreño acredita que a conquista nas duplas será bastante positiva. "Estou muito contente, ganhar um título é sempre especial, mesmo que seja de duplas. Isso com certeza me vai ajudar para a partida final de amanhã", afirmou o espanhol, que no domingo encara o austríaco Dominic Thiem as 17h (horário de Brasília). 

Carreño elogiou o jovem rival norueguês, que chegou a ficar a um ponto de vencer e ir para a final, mas depois levou um 'pneu' no terceiro set. "Foi uma partida muito dura, Casper jogou muito bem e se continuar assim o veremos ir longe em muitos outros torneios", analisou o espanhol, atual 24 do mundo.

"Não comecei tão bem, mas consegui ir melhorando pouco a pouco até chegar em um bom nível", complementou Carreño, que mostrou cautela ao falar do seu lugar no tênis de seu país. "O tênis espanhol conquistou muitas coisas nos últimos anos, principalmente com Rafael Nadal. O que posso dizer é que vou tentar dar o máximo possível", disse. 

O espanhol quer sair do Rio com o título, mas já vê a semana como positiva. "Estar em uma final mostra que tive uma grande semana, ainda mais em um torneio 500. Quando a competição começa tudo que você quer é chegar no domingo e eu consegui", declarou Carreño, que perdeu quatro dos cinco confrontos com Thiem até então.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series