Notícias | Dia a dia | Rio Open
Zwetsch tranquilo para Bellucci contra Monteiro
22/02/2017 às 18h05

Zwetsch também é o capitão brasileiro na Copa Davis

Foto: Fotojump
Felipe Priante

Rio de Janeiro (RJ) - O gaúcho João Zwetsch se verá pela primeira vez em uma situação curiosa para o duelo entre Thomaz Bellucci e Thiago Monteiro na próxima quinta-feira, pela segunda rodada do Rio Open. Treinador do número 1 do Brasil, ele também coordena a academia em que treina o cearense ao lado de Duda Matos, que por sua vez é o técnico de Monteiro.

Esta proximidade entre os dois canhotos não é problema para Zwetsch. "É a primeira vez que vai acontecer. ao longo deste tempo o Thiago tem trabalhado lá com a gente e obviamente por eu ter um pouco mais de experiência e vivência no circuito dou uma ajudada para o Duda cortar alguns caminhos", declarou o gaúcho. 

"Mas essencialmente o trabalho do Thiago é com o Duda, que é quem está com ele no dia a dia. Não tem como fazer um trabalho com um atleta deste nível sem ser assim", acrescentou o treinador de Bellucci, que ainda brincou com a situação. "É cada um por si agora, cada um do seu lado e vamos que vamos".

Questionado sobre o potencial do canhoto de Tietê, o técnico de Bellucci se mostrou otimista em relação ao que podem alcançar. "Acredito muito nele, acho que pode sim ser top 20. Caso contrário eu não estaria trabalhando com ele. Claro que há coisas para serem melhoradas", comentou Zwetsch, que elogiou o desempenho do pupilo na vitória para cima do japonês Kei Nishikori. 

"Ele aguentou seis, sete bolas em certos momentos. Sabemos que assim surge a oportunidade de ser mais agressivo. Seu padrão de jogo tem que ser elaborado, ter volume agressivo, ter construção e não contar com um tiro que às vezes se não for na veia vai longe", comentou.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series