Notícias | Dia a dia | Rio Open
Bellucci tira Nishikori e derrota top 10 após 5 anos
21/02/2017 às 20h55

Bellucci enfrentará Monteiro nas oitavas de final

Foto: Fotojump

Rio de Janeiro (RJ) - Enfim, Thomaz Bellucci voltou a vencer um dos grandes do tênis internacional. Com um jogo sólido, ele se aproveitou do cansaço físico e mental do japonês Kei Nishikori, que vinha do vice em Buenos Aires no domingo, e marcou as parciais de 6/4 e 6/3, após 1h17 de esforço.

O resultado é ainda mais importante para o tênis brasileiro já que o adversário de Bellucci nas oitavas será exatamente Thiago Monteiro, em jogo marcado para a quinta-feira. Os dois jamais se cruzaram no circuito oficial, mas já cansaram de treinar juntos, tendo feito até mesmo pré-temporadas no Rio.

Bellucci não vencia um top 10 do ranking desde a final de Gstaad, em julho de 2012, quando superou o sérvio Janko Tipsarevic. Nesse longo jejum, foram 22 insucessos. Antes disso, ele tinha derrotado Fernando Verdasco, Andy Murray e Tomas Berdych, em 2011, e David Ferrer, em 2012. Sua estatística no entanto continua fraca: são seis vitórias e 36 derrotas.

O canhoto paulista sacou bem o primeiro set inteiro, mas nos primeiros games pouco fez diante do serviço do cabeça 1, já que não conseguia aprofundar as bolas e com isso conter os ataques retos. Mas o brasileiro não se desesperou e aguardou um game muito irregular de Nishikori para obter a quebra no nono game. Sacou em seguida com a mesma eficiência - ganhou 80% dos pontos com o primeiro saque ao longo do set - e viu o frustrado adversário arrebentar a raquete em lance raro.

Sinal de cansaço mental, Nishikori tentou até saque-voleio no game inicial do segundo set e sofreu a quebra. A confiança de Bellucci parecia só aumentar. Comparalelas, fez 40-0 e aí... Travou. Perdeu o serviço e Nishikori virou para 3/2. Bastou no entanto voltar a ter paciência para que o número 5 do ranking se mostrasse apressado e cometesse os erros.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series