Notícias | Dia a dia | Rio Open
Ex-top 100 brasileiras são homenageadas no Rio
21/02/2017 às 12h10

Gisele Miró, Andrea Vieira, Patrícia Medrado e Teliana Pereira receberam homenagens na Quadra Guga Kuerten

Foto: Fotojump

Rio de Janeiro (RJ) - As tenistas do Brasil que figuraram entre as top 100 do ranking mundial receberam homenagem na quadra Guga Kuerten, nesta segunda-feira no Rio Open. Maria Esther Bueno, a rainha do tênis brasileiro, campeã de 19 Grand Slams, entregou placas comemorativas para Gisele Miró (99ª), Andrea Vieira (76ª), Patrícia Medrado (48ª) e Teliana Pereira (43ª), a melhor ranqueada entre as top 100 que compareceram ao maior torneio da América do Sul. Niege Dias (31ª) e Claudia Monteiro (72ª), que também seriam homenageadas, não puderam estar no evento. 

Antes da homenagem, Teliana e as demais top 100 entraram em quadra e bateram bola com o público e tenistas de projetos sociais. Quem apareceu com sua raquete treinou com as jogadoras e viveu uma experiência inesquecível. Além disso, os fãs de tênis doaram raquetes antigas numa campanha do Rio Open para ajudar projetos sociais. As raquetes arrecadadas serão entregues para os cinco projetos que fazem parte do programa de incentivo a causas sociais do Rio Open: Instituto Futuro Bom, Tênis na Lagoa, Tênis Solidário, Escolinha de Tênis Fabiano de Paula e Arremessar para o Futuro. 

Teliana, que foi semifinalista do Rio Open, no primeiro ano da competição, quando ainda havia torneio feminino, lembrou dos melhores momentos da carreira. "É sempre emocionante, especialmente nesta quadra onde tive muitos momentos marcantes. É um reconhecimento, um espaço maior para o tênis feminino e estar ao lado destas grandes tenistas, com quem eu nunca tive chance de conviver, fez do momento ainda mais especial," disse a pernambucana radicada em Curitiba. "Temos uma história de superação, de passar por muitos obstáculos para deixarmos nossos nomes na história do tênis feminino brasileiro", disse Patrícia Medrado. 

Teliana Pereira, nascida em Águas Belas, em Pernambuco, migrou para o Paraná ainda criança. Ela volta hoje mesmo para o Paraná, onde disputa na semana que vem o Challenger do Circuito de Tênis feminino no Graciosa Country Clube, em Curitiba, e na sequência joga em São Paulo, no Clube Paulistano.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series