Notícias | Dia a dia
Em dupla, Haas vence primeiro jogo em 20 meses
21/02/2017 às 10h23

Tommy Haas faz sua 11ª volta ao circuito por contusões e cirurgias

Foto: ATP

Delray Beach (EUA) - Foi apenas a primeira rodada de duplas, mas o significado pareceu grande para o alemão Tommy Haas. Aos 38 anos, ele retorna mais uma vez ao circuito depois de passar pela nona cirurgia, realizada em abril do ano passado, e conseguiu ganhar sua primeira partida de nível ATP desde Wimbledon de 2015. Ele e Vasek Pospisil derrotaram Steve Darcis e Adrian Mannarino, por 6/4 e 6/3.

"Quero encerrar a carreira do meu modo", garante o ex-n~umero 2 do mundo. "A ideia é voltar aos torneios em que tive grandes momentos e verificar se ainda consigo jogar um bom tênis. Tambem será a chance de Valentina ficar torcendo por mim na arquibancada", brinca, referindo-se à filha mais velha, de seis anos.

Haas reapareceu nas quadras australianas em janeiro depois de ficar sem competir desde outubro de 2015. Sem alternativa, precisou operar o pé para restaurar um problema de ligamentos e passou quatro meses sem poder fazer praticamente nada. "Você perde boa parte da musculatura e depois precisa trabalhar muito para recuperar". O alemão já havia feito cirurgia para o ombro, tornozelo, quadril, joelho e cotovelo.

Ele tenta ver o lado positivo: "Às vezes me digo que existe um motivo para tudo nessa vida. Se não houvesse essa nova cirurgia, Valentina não teria chance de me ver jogar". Haas acha cada vez mais difícil deixar a família em casa por muito tempo. "Valentina sempre me pergunta se vou trazer um troféu. Eu digo que por enquanto estou tentando ganhar um jogo".

Sua estreia em simples acontecerá nesta terça-feira diante do ascendente Nikoloz Basilashvili. O alemão é dono de 15 títulos de ATP, um deles em Delray Beach, em 2011.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis