Notícias | Dia a dia
Murray impulsiona investimento no tênis escocês
21/12/2016 às 14h56

Tênis escocês quer aproveitar momento para expandir a modalidade no país

Foto: Arquivo

Glasgow (Escócia) - O grande sucesso de Andy Murray no circuito tem ajudado nos investimentos feitos no tênis escocês, que terá um financiamento de 15 milhões de libras (quase R$ 62 milhões) para dobrar o número de quadras cobertas no país em uma década e chegar à marca de 225.

Presidente executivo da federação local, Michael Downey disse a hora é de aproveitar o momento e capitalizar sobre os sucesso de Andy e Jamie Murray. "Temos de criar um legado duradouro, elaborando um plano para o futuro do esporte na Escócia", afirmou o dirigente para a BBC

E atualmente não são apenas os irmãos Murray que brilham no tênis escocês. Scot Gordon Reid, de 25 anos, é o número 1 do mundo no ranking de cadeirantes e neste ano venceu dois títulos de Grand Slam, levantando a taça do Australian Open e de Wimbledon.

"Os investimento sem precedentes farão o tênis mais acessível, garantindo que ele seja jogado em um lugar onde temos 200 dias de chuva por ano em média e no qual os recursos não são tão fartos como no resto da Grã-Bretanha e nos outros países europeus quando se trata do número de quadras de ténis cobertas per capita", finalizou Downey.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis