Notícias | Dia a dia
Nadal: 'Quero entrar para ganhar tudo que disputar'
20/12/2016 às 14h55

Nadal está otimista para o próximo ano

Foto: Arquivo

Madri (Espanha) - Embora tenha passado por um ano conturbado em 2016, principalmente por causa da lesão no punho esquerdo, que o tirou de Roland Garros no meio e depois de Wimbledon, além de ter forçado as férias antecipadas, o espanhol Rafael Nadal está bastante otimista para a próxima temporada.

"O objetivo para 2017 é estar bem e competir para tentar ganhar tudo o que disputar. Não sei o que vai acontecer, mas espero começar bem a temporada para poder lutar pelas coisas que realmente valem", declarou o canhoto de Mallorca em entrevista para o programa El Larguero da rádio Cadena SER

"Estou feliz com o meu físico e com a maneira com que estou treinando. Espero que tudo saia bem. Já estou contando o tempo para poder colocar meu jogo à prova", afirmou Nadal, que comemorou poder ter Carlos Moyá ao seu lado no próximo ano. "O conheço há muito tempo e é um grande amigo. Foi um cara muito importante na minha carreira, principalmente nos primeiros anos, por isso tenho um apreço especial por ele", disse.

Ao analisar a temporada que passou, o espanhol destacou o bom desempenho no saibro europeu e lamentou a lesão que acabou atrapalhando sua sequência. "Comecei mal no primeiro mês e meio, mas depois Indian Wells estive em um nível muito bom até ter que abandonar em Roland Garros", disse o atual número 9 do mundo. 

"Desde que tive a lesão no punho esquerdo, passei dois meses sem treinar e fui as Jogos Olímpicos na última hora. Foi fantástico, estivem em um bom nível tanto em simples como nas duplas", completou o espanhol, que perdeu a disputa do bronze em simples, mas nas duplas, ao lado de Marc López, levou a medalha de ouro nas Olimpíadas do Rio.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva