Notícias | Dia a dia
Guru de Djokovic: 'Tinha boa relação com Becker'
13/12/2016 às 13h16

Pepe Imaz serve de conselheiro para Djokovic

Foto: Arquivo

Madri (Espanha) - Atribuído por muita gente como o pivô da separação do sérvio Novak Djokovic com o alemão Boris Becker, o ex-tenista espanhol Pepe Imaz, guru do atual número 2 do mundo, negou o que tem sido especulado e garantiu que tinha bom relacionamento com o germânico.

"Minha relação com Becker era muito boa. Vejo Boris como uma grande pessoa e que realizou coisas fantásticas", declarou o espanhol em entrevista ao El Mundo. Imaz também fez questão de ressaltar que não participou de forma alguma da definição da saída de Becker do time de Djokovic. 

"Novak toma suas próprias decisões e não posso fazer nada a respeito disso", disse Imaz, que explicou um pouco a mudança de atitude do sérvio. "Ele estava focado em suas metas, venceu na Austrália e em Roland Garros. Agora ele está focado em si mesmo, em encontrar um balanço independente do que digam as outras pessoas", observou.

O espanhol também falou sobre sua filosofia de 'paz e amor', garantindo que ela não tira a vontade de vencer de Djokovic. "Quando ele quebra uma raquete eu entendo perfeitamente. Não somos perfeitos, eu também faço coisas que não gostaria às vezes. Se sua paixão é o tênis você tem que bater na bola e esperar que ela nunca volte, mas sempre com respeito e boa atitude", finalizou.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis