Notícias | Dia a dia
Espanha é o país mais vencedor na ATP no século
09/12/2016 às 10h11

Nadal é o principal responsável pela liderança espanhola com 69 títulos

Foto: Arquivo

Madri (Espanha) - A Real Federação Espanhola de Tênis (RFET) fez as contas e comprovou o que já imaginava antes: que o país é o maior vencedor de títulos no século XXI na ATP, deixando as demais nações para trás e com sobras.

Os espanhóis conquistaram neste século 208 troféus e se encontram bem à frente dos segundos colocados, os suíços, que faturaram 105 títulos. A terceira colocação é dos norte-americanos (101), os quartos são os argentinos (87) e em quinto aparece os franceses (76). 

Completam a lista divulgada pela RFET a Sérvia (73), a Rússia (62) e a Austrália (56). O grande responsável por essa vantagem da "Armada" é Rafael Nadal, que sozinho faturou 69 títulos e se colocaria à frente dos russos e australianos.

Depois de Nadal o maior vencedor espanhol é David Ferrer, com 26 taças, seguido de dois ex-número 1 do mundo, Carlos Moyá e Juan Carlos Ferrero, ambos com 15. Fecha o top 5 Nicolás Almagro, que faturou 13 troféus. 

Na atual temporada a "Armada" foi também a que mais venceu, com 10 títulos, seguida pela Grã-Bretanha com nove, todos conquistados pelo atual número 1 do mundo Andy Murray, pela Sévia (8) e pela França (5).

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis