Notícias | Outros
Guga, Meligeni e Sá realizam debate em SP
01/12/2016 às 18h38

Guga, Meligeni e Sá tiveram a companhia do investidor Jorge Paulo Lemann

Foto: Divulgação

São Paulo (SP) - O Instituto Tênis, entidade paulista que prepara jovens tenistas para seguirem a carreira profissional, reuniu na noite de terça-feira tenistas e empresários do setor no espaço Cubo Coworking Itaú, localizado na Vila Olímpia, zona sul de São Paulo.

Na ocasião, foi realizado um debate reunindo o executivo e conselheiro do Instituto Tênis, Jorge Paulo Lemann, Gustavo Kuerten, tricampeão de Roland Garros e ex-número 1 do mundo e também conselheiro do Instituto Tênis, Fernando Chacon, diretor executivo do Itaú, o ex-jogador profissional Fernando Meligeni e André Sá, tenista atuante.

Os convidados apresentaram as suas visões sobre o esporte no Brasil, abordando as suas experiências de vida, expectativas para o futuro e sugestões para incentivar as novas gerações do esporte a seguirem com seu propósito, além de como os grandes empresários podem apoiar e incentivar o esporte no Brasil.

No início do debate, Jorge Paulo Lemann abordou a sua experiência no esporte e o incentivo na educação no Brasil. “No esporte aprendi muitas coisas. Aprendi a correr riscos e a perder”, disse Lemann. O empresário afirma que o esporte proporcionou diversas conquistas para a vida pessoal e profissional.

Para incentivar as novas gerações, Guga, pontuou que para ele foi importante administrar as expectativas para conseguir resultados positivos no tênis e que acreditar nisso serviu de força para alcançar seus objetivos.

Fernando Meligeni destacou o seu histórico nas quadras, como uma forma motivadora, destacando que a estratégia é um dos pontos principais para se manter nas competições. “Só é possível doar os nossos 120% quando se ama muito o que faz, independente dos resultados, o mais importante é ter certeza que fizemos o nosso melhor e foi com essa certeza que eu sempre trabalhei”.

O tenista André Sá, hoje com 38 anos, continua nas quadras e conquistando importantes títulos no esporte. “O tênis é um esporte muito solitário, acredito que é importante a gente se relacionar bem, ter foco em quadra, pois o sucesso não tem ligação com o melhor resultado, e sim, fazer o melhor que pode em todas as competições”.

Sá disse ainda que a pressão dos pais com as crianças que estão iniciando no esporte, nunca deve ser em comparar com outros tenistas, mas com o melhor que ele pode oferecer em quadra.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis