Notícias | Dia a dia
Comportamento tria Kyrgios e Tomic de premiação
30/11/2016 às 15h57

Tomic e Kyrgios ficaram de fora do evento da Medalha Newcombe

Foto: Arquivo

Melbourne (Austrália) - Premiação que escolhe os melhores australianos do ano no tênis, a Medalha Newcombe deixou de fora os jovens Bernard Tomic e Nick Kyrgios. A medida foi apoiada por John Newcombe, lenda do tênis local e que dá nome ao prêmio.

Ele acredita que os dois falham no critério da premiação, que não leva em conta apenas o resultado e inclui o comportamento fora de quadra. "Não é apenas o quanto você sabe jogar tênis, é uma questão de conduta durante o ano", explicou Newcombe. 

"Não depende apenas de como foi a sua temporada e seus resultados, é um pacote completo somando tudo o que você fez e como se comportou", acrescentou a lenda do tênis australiano. Apesar do ocorrido, Newcombe defende Kyrgios e Tomic, apostando que eles possam aprender com os erros.

Para ele, os jovens tenistas podem fazer coisas grandes em 2017. "Não é nada contra Bernie e Nick, eles são caras agradáveis e que foram muito bem neste ano", afirmou Newcombe, que acredita em um aprendizado de Kyrgios depois da suspensão levada neste fim de ano. 

Kyrgios foi punido com oito semanas de gancho após demonstrar falta de esforço no Masters 1000 de Xangai, mas como entrou em acordo com a ATP e aceitou passar por tratamento psicológico teve sua pena reduzida para três meses.

"Nick parece o tipo de jogador que não se encontra rápido. Acho que ele pode ir bem no Australian Open e não me surpreenderia se terminasse 2017 entre os seis melhores. Todo mundo sabe que ele tem grande habilidade", finalizou Newcombe.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva