fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Nicolas Mahut, Pierre-Hugues Herbert, Bruno Soares, Jamie MurrayCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Nicolas Mahut, Pierre-Hugues Herbert, Bruno Soares, Jamie MurrayCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Nicolas Mahut, Pierre-Hugues Herbert, Bruno Soares, Jamie Murraytênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/melo/0730_toronto_fore_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/melo/0730_toronto_fore_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Melo abre a disputa em NY como nº 1 provisorio
29/08/2016 às 09h47
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/melo/0730_toronto_fore_int.jpg" title="Melo depende apenas de si para voltar ao topo do ranking" />

Melo depende apenas de si para voltar ao topo do ranking

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Miami (EUA) - Embalado após conquistar os dois últimos Masters 1000, em Cincinnati e Toronto, o mineiro Marcelo Melo abre a disputa do US Open ostentando a liderança provisória do ranking individual de duplas. Isso porque no ano passado ele foi eliminado na estreia, ao passo que os franceses Nicolas Mahut e Pierre-Hugues Herbert faturaram o título em 2015.

O mineiro inicia sua caminhada no último Grand Slam da temporada com145 pontos de vantagem em relação e Mahut e 535 pontos de frente para Herbert. Além dos dois, Melo também concorre com os irmãos norte-americanos Bob e Mike Bryan pela liderança, mas se vencer dois jogos deixa a dupla da casa fora do páreo de brigar pela ponta durante a disputa em Flushing Meadows. 

Atual número 4 do mundo, o britânico Jamie Murray, parceiro do mineiro Bruno Soares, também segue os francese e começa o US Open precisando de uma boa campanha para se manter lá em cima. Ele foi vice-campeão no ano passado, ao lado do australiano John Peers e começa a disputa deste ano sendo provisoriamente ultrapassado pelos irmãos Bryan e pelo croata Ivan Dodig.

Já Bruno, que na última temporada não passou da estreia no último Grand Slam do ano, é outro que começa a disputa em 2016 podendo subir bem na lista da ATP. Ele é o atual 8 do mundo e tem boa chance de voltar ao top 5 caso consiga ter um bom desempenho com Jamie nas quadras de Flushing Meadows, podendo até voltar ao terceiro lugar, o melhor de sua carreira, dependendo da combinação de resultados em Nova York.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
Loja genérico
ITenis - Chaveiros
Paulistana