fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Copa das Federacoes, Uberlandia, Praia Clube Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Copa das Federacoes, Uberlandia, Praia Clube Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Copa das Federacoes, Uberlandia, Praia Clube tênis" />
Notícias | Outros
Copa das Federações inicia segunda em Uberlandia
24/07/2016 às 23h32
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Uberlândia (MG) - O Praia Clube de Uberlândia recebe a partir desta segunda-feira a Copa das Federações 2016, competição por equipes que reúne este ano times de 17 federações estaduais. Os jogos acontecem a partir das 9h30, nas categorias 12, 14, 16 e sub-23 anos masculino e feminino valendo pontos para definir o campeão. 

A equipe de São Paulo é a atual campeã e conta com equipe completa para tentar a defesa do título, tendo jogadores como Igor Marcondes e Gustavo Cruz, que já têm pontos no ranking ATP, além de outros nomes de destaque dentro do circuito nacional como Ana Paula Melilo, vencedora das três etapas do Circuito Juvenil Correios disputadas este ano na categoria 16 anos.

Time anfitrião, Minas Gerais mais uma vez vem com equipes em todas as categorias e busca repetir a campanha de 2014, quando ficou com o título da competição na classificação geral. Os mineiros contam com Bruno Oliveira e Marina Figueiredo, que representaram o Brasil este ano nos Sul-americanos de 14 e 16 anos, respectivamente. 

Vice-campeão em 2015, o Rio Grande do Sul também conta com uma equipe forte formada por tenistas como Amanda Oliveira, vencedora de todas as etapas do Circuito Juvenil Correios nos 12 anos feminino, além de Laura Wayerbacher, que disputou o Sul-americano de 16 anos pelo Brasil, e o profissional Oscar Gutierrez. 

Outra equipe que tradicionalmente disputa o título é o Paraná, que tem em sua delegação o universitário Gabriel Sidney, da Universidade de Pepperdine. O time paranaense também conta com Adriell Santos na categoria 14 anos, João Eduardo Schiessl nos 12 anos e Vitoria Okuyama no sub-23 anos feminino. 

A Federação Catarinense, que também já se sagrou campeã da Copa das Federações, traz a Uberlândia uma equipe completa, com destaque para Mateo Reyes nos 16 anos masculino, Pedro Boscardin Dias, que vem de título conquistado na Áustria, na categoria 14 anos, além de Carolina Laydner nos 12 anos.

Goiás é outro estado cujo a federação conta com equipes em todas as categorias. O principal destaque goiano é Nalanda Silva, da categoria 14 anos, que ajudou o Brasil a conquistar o título sul-americano deste ano no Paraguai. O time de sub-23 anos masculino tem ainda Eduardo Felter e Armando Ferreira. 

Os outros estados com equipes na competição são Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Rio de Janeiro e Tocantins. 

Alagoas conta com Gabriel Barbosa, número 2 do Brasil na categoria 12 anos, Amazonas tem Felipe Barbosa top 30 do país nos 14 anos, a Bahia conta com José Nilson Maciel Neto nos 12 anos. O Ceará tem Armando Rangel no sub-23 anos, o Distrito Federal tem como destaque Luiza Fullana na categoria 16 anos, o Espírito Santo tem Thaissa Moreira nos 16 anos, o Mato Grosso tem Bryan Kuntz na categoria 14 anos. O Mato Grosso do Sul tem entre seus tenistas Raíssa Novais na categoria 12 anos e Pernambuco conta com Aécio Fonte Neto na categoria 12 anos. O Rio de Janeiro conta com Victor Alves nos 12 anos e o Tocantins tem Pedro Henrique Sousa na categoria 16 anos masculino. 

“É importante ver 17 federações participando e tudo isso de gente, tem muitas federações com meninos de projetos sociais, muitas que no ano passado estavam aqui com menos equipes e aumentaram para este ano, federações que trouxeram meninos já com ponto no ranking ATP. É a competição mais importante do Brasil por equipes, que desperta o sentido de equipe em todo mundo, a parceria, cooperação e a união”, afirma José Guilherme Danelon, vice-presidente da Confederação Brasileira de Tênis, que está presente no Praia Clube durante os dias de disputa da Copa das Federações. 

A Copa das Federações acontece nesta segunda, terça e quarta-feira. Além dos jogos, o evento terá ainda um encontro com Patricio Arnold na terça e quarta-feira às 8h30 para todos os treinadores e pais de tenistas para explicar informações sobre o Departamento de Alto Rendimento da CBT. 

Brasileirão define classificados para a chave principal

O Campeonato Brasileiro Infantojuvenil teve neste domingo a definição dos  que avançaram do qualifying para a chave principal. A disputa da chave principal GA acontece a partir de quinta-feira, dia 28, e vai até domingo para a definição dos campeões brasileiros de 2016. 

Na categoria 12 anos masculino, se classificaram o paulista Kauã Cressoni, o carioca João Blumenschein, o mineiro Leonardo Bastos, o gaúcho Germano Setti, o sul-mato-grossense Eduardo Falqueiro, o baiano Felipe Ignacio, o paranaense Percy Bufara e o brasiliense Arthur Souza. Nos 12 anos feminino, avançaram à chave principal a mineira Maria Eduarda Lima, a paranaense Nicole Serraglio, a catarinense Julia Mendes e a paulista Giovanna Piedemonte. 

Os classificados para a chave principal na categoria 14 anos masculino foram os gaúchos Guilherme Bier e Matheus Fachin, o alagoano Lucas Britto, o brasiliense Vitor Cavalcante e os paulistas Diego Castro, Nicolas Zanellato, Antonio Felipe e Pedro Cardoso. Na categoria 14 anos feminino, se garantiram na chave principal a mineira Clara Penido, a capixaba Isabela Mercante e as paulistas Debora Souza e Maria Gouveia. 

Os tenistas que avançaram nos 16 anos masculino foram o mineiro Murilo Leonel, o sul-mato-grossense Matheus Correa e os paulistas Rodrigo Carvalho, Matheus Queiroz, Miguel Festa, Matheus Lima, Raí Araújo e Enzo Alavaski. Na chave feminina de 16 anos, avançaram a carioca Camilla Fonseca, a paulista Evelin Gouveia, a mineira Mariane Lima e a brasiliense Luisa Campos.

Já na categoria sub-23 anos masculino, os paulistas Vinicius Lourenço, André Russo, João Giannella e Gabriel Silva, além do brasiliense Gabriel Nemeth, o mato-grossense Marvin Spiering, o mineiro João Garreto e o paranaense Felipe Garla avançaram para a chave principal. No feminino, a goiana Andressa Gomes, a carioca Tayná Mendes e as paulistas Amanda Helminsky e Alessandra Silva se classificaram do qualifying. 

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis