fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Milos Raonic, Albert Ramos-Vinolas, Roland Garros Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Milos Raonic, Albert Ramos-Vinolas, Roland Garros Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Milos Raonic, Albert Ramos-Vinolas, Roland Garros tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/raonic/0529_rg_sentado_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/raonic/0529_rg_sentado_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Espanhol surpreende e derruba Raonic nas oitavas
29/05/2016 às 09h06
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/raonic/0529_rg_sentado_int.jpg" title="Raonic nunca passou das quartas em Roland Garros" />

Raonic nunca passou das quartas em Roland Garros

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Paris (França) - Ainda em busca de uma campanha de destaque em Roland Garros, não será desta vez que o canadense Milos Raonic conseguirá tal feito. Cabeça de chave número 8, ele parou nas oitavas de final, sendo surpreendido pelo canhoto espanhol Albert Ramos, atual 55 do mundo, que anotou parciais de 6/2, 6/4 e 6/4, após 2h21 de confronto.

Indo para as quartas de final pela primeira vez em um Grand Slam, o espanhol tem tudo para encarar o suíço Stan Wawrinka na próxima rodada. O atual campeão, porém, tem antes que confirmar o favoritismo para cima do sérvio Viktor Troicki. Ramos já encarou o número 4 do mundo seis vezes, inclusive na semana que antecedeu Roland Garros, e perdeu em todas. 

Esta foi apenas a segunda vitória da carreira de Ramos para cima de um top 10, algo que só havia conseguido no ano passado, ao superar o suíço Roger Federer no Masters 1000 de Xangai. Com a desistência do compatriota Rafael Nadal, ele se tornou o único canhoto ainda vivo na chave do torneio.

Do outro lado, embora Raonic venha treinando com o espanhol Carlo Moyá para melhorar seu desempenho no saibro, ele não conseguiu engrenar neste ano. Seu melhor resultado foram as quartas de final nos Masters 1000 de Monte Carlo e Madri. Em Paris, ele nunca passou das quartas, sendo que já fez semi em Wimbledon (2014) e no Australian Open deste ano. 

O canadense não fez o potente saque ajudar muito neste domingo, anotou apenas sete aces (bem abaixo da sua média), cometeu quatro duplas faltas e faturou apenas 63% dos pontos disputados com o serviço. Raonic cedeu 14 break-points para o rival espanhol, que aproveitou cinco delas, perdendo o saque apenas uma vez.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series